top of page
  • Foto do escritorRadio Catedral

Isabel Cristina: nova beata brasileira é modelo de santidade

Por Fabíola Castro e Roberta Oliveira


O fim de semana foi festivo em Barbacena (MG), no Campo das Vertentes, com as cerimônias relacionadas à beatificação da jovem Isabel Cristina Mrad Campos. Dez mil pessoas participaram da missa, no sábado, 10 de dezembro, no Parque de Exposições do município.


No domingo, 11, após a missa em ação de graças no Santuário de Nossa Senhora da Piedade, comunidade de fé que a jovem frequentava na cidade natal, houve o traslado dos restos mortais da Beata para a Capela dos Sagrados Corações de Jesus e Maria.


Em coletiva, os arcebispos e sacerdotes reforçaram como Isabel Cristina se tornou um exemplo de que pertencer à Cristo e andar no caminho da santidade é algo possível a todos os católicos, independente de onde estejam.


Saiba mais:



Milhares de pessoas acompanharam presencialmente e pelos meios de comunicação


A imagem da nova Beata foi apresentada aos fiéis presentes na Celebração, cerca de 10 mil pessoas, e também àqueles que acompanhavam pelos meios de comunicação católicos, junto ao anúncio da proclamação da beatificação.


Relíquia levada pelo irmão da Beata


Uma procissão entronizou na Celebração a relíquia da Mártir e Beata, levada por seu irmão Paulo Roberto Mrad Campos, acompanhado por sua esposa e filhos. Além disso, 20 jovens vestidas de branco levaram rosas vermelhas e brancas, representando a idade com a qual a Isabel Cristina sofreu o martírio.




"Exemplo heroico", disse Papa Francisco

Reprodução redes sociais Vatican News.

Neste terceiro Domingo do Advento, após a oração do Angelus,o Papa Francisco recordou a beatificação da mineira Isabel Cristina e a inspiração que ela é para os jovens.

“Ontem, em Barbacena, foi beatificada Isabel Cristina Mrad Campos. Esta jovem mulher foi morta em 1982 aos 20 anos de idade, em ódio à fé, por ter defendido sua dignidade como mulher e o valor da castidade. Que seu exemplo heroico inspire especialmente os jovens a darem testemunho generoso de sua fé e de sua adesão ao Evangelho. Um aplauso à nova Beata!”


A proclamação da beatificação


Durante o rito em Barbacena, foi lido o ato de proclamação da Beata escrito pelo Papa Francisco:

“Nós realizando o desejo do nosso irmão Airton José dos Santos, arcebispo metropolitano de Mariana bem como dos demais irmãos do episcopado, de muitos fiéis e tendo escutado o dicastério para a causa dos santos anuncio que: Através de nossa autoridade apostólica evidenciamos que a venerável serva de Deus Isabel Cristina, fiel leiga, mártir, alegre testemunha da caridade evangeliza pelos enfermos por amor de Cristo até a efusão do sangue defendeu sua virgindade e dignidade seja invocada de agora em diante com o nome de Beata Isabel Cristina e possa ser celebrada no dia 01º de setembro, dia em que ela nasceu para o céu.”


Coletiva após a Celebração

Da esquerda para a direita: Dom Gil Antônio, Cardeal Raymundo Damasceno, Dom Airton José dos Santos, Dom Geraldo Lyrio Rocha e o tio de Isabel Cristina, Miguel Mrad.

"Ela fez de sua vida um serviço", reforçou Cardeal Dom Raymundo Damasceno Assis


A celebração foi presidida pelo Arcebispo Emérito de Aparecida (SP), Cardeal Dom Raymundo Damasceno Assis, representante do Papa Francisco. Ele destacou o exemplo de Isabel Cristina que aprendeu com a família a viver o carisma do cuidado e do amor com os mais necessitados.


O Cardeal Dom Raymundo ressaltou ainda como a fé inspirou Isabel Cristina a se defender do agressor e um exemplo de como não devemos banalizar o nosso corpo, que foi criado por Deus.


Forte testemunho e exemplo para todos


O Arcebispo Metropolitano de Mariana (MG), Dom Airton José dos Santos, lembrou a importância de Isabel Cristina ser a primeira beata desta Arquidiocese.


Dom Airton José dos Santos agradeceu o trabalho dos comunicadores na cobertura de todo o processo de beatificação de Isabel Cristina. Ele disse também que o exemplo dela incentiva outros a seguirem no caminho que leva a Deus.


O Arcebispo Emérito de Mariana, Dom Geraldo Lyrio Rocha, falou sobre a força do testemunho e modelo de vida de Isabel Cristina.


O Pároco do Santuário de Nossa Senhora da Piedade, em Barbacena, Monsenhor Danival Milagres, agradeceu a todos que se empenharam para tornar viável a cerimônia e o acolhimento a todas as pessoas.


Nova jornada até a canonização


Para a beatificação, não foi necessária a comprovação de um milagre, porque Isabel Cristina foi declarada mártir. O Postulador da Causa de Beatificação, Dr. Paolo Vilotta, destacou como é agora o processo para canonização.


16 visualizações0 comentário

留言


bottom of page