top of page
  • Foto do escritorRadio Catedral

Secretária de Fazenda explica sobre financiamento que a PJF solicita para obras de macrodrenagem

Por Fabíola Castro e Roberta Oliveira

*Foto: Carlos Mendonça.

Em uma coletiva de imprensa na manhã desta última quinta-feira, 26, a Prefeita de Juiz de Fora, Margarida Salomão, reforçou que para tentar sanar os problemas causados há anos pelas chuvas em várias regiões da cidade é preciso realizar grandes obras que demandam valores em torno de R$ 420 milhões. Para isso, a Prefeitura Municipal precisa de um empréstimo para o qual enviou um Projeto de Lei à Câmara para ser aprovado pelos vereadores.


Confira:


Presente também na coletiva, a Secretária da Fazenda, Fernanda Finotti, explicou detalhes sobre o financiamento para as obras. Segundo ela, a aquisição do montante não estrangula os cofres da PJF, porque a ação terá uma vida útil de 100 anos, após as intervenções realizadas.


Segundo Fernanda Finotti o financiamento vem de um organismo internacional com caráter de sustentabilidade.


Conforme explicou ainda a Secretária da Fazenda, o município tem recursos do fundo de drenagem, mas que não são suficientes, por isso, a necessidade de buscar outras formas de captar verbas.


O fundo de drenagem foi um projeto, segundo Fernanda Finotti, aprovado no ano passado em Juiz de Fora. Esse fundo é recolhido pela Cesama – Companhia de Saneamento Municipal e gerido pela Secretaria de Obras.


Captados os recursos para as obras de macrodrenagem na cidade, a Prefeita de Juiz de Fora, Margarida Salomão, afirmou também na coletiva desta quinta, 26, que as intervenções devem começar ainda em 2023.


Confira mais:

11 visualizações0 comentário
bottom of page