top of page
  • Foto do escritorRadio Catedral

Polícia Civil identifica perfil de rede social que disseminou mensagem sobre ataques a escolas de JF

Por Rádio Catedral

*Foto: reprodução redes sociais PCJF.

A equipe da 1ª e 2ª Delegacia de Polícia Civil de Juiz de Fora identificou titular de um perfil em rede social que compartilhou mensagem contendo ameaça acerca de ataques a escolas na cidade. Após investigação em âmbito cibernético, que resultou na individualização do responsável pelo perfil e consequente endereço, o delegado Daniel Buchmüller representou junto ao Poder Judiciário pelo mandado de busca e apreensão, sendo deferido pelo Juízo da Vara de Infância e Juventude.


Na manhã desta quinta-feira (19), a Polícia Civil realizou o cumprimento da ordem judicial em endereço na área central de Juiz de Fora, onde localizou e identificou a quem pertencia o perfil: adolescente de 15 anos.


Conforme divulgou a Polícia Civil, este adolescente foi orientado, juntamente com os responsáveis legais, acerca do assunto e dos perigos do compartilhamento de mensagens dessa natureza na internet. Ainda de acordo com a autoridade policial, na conversa com adolescente, este informou que o intuito da postagem foi simplesmente alertar os colegas sobre um possível ataque.


O delegado responsável destacou que a internet não é uma “terra sem lei”, sendo que a Polícia Civil é capaz de identificar os titulares dos perfis de rede social, bem como o seu endereço. Ainda, esse tipo de postagem em redes sociais é muito prejudicial para a população, gerando enorme comoção e pânico, devendo a população informar à Polícia Civil quanto se deparar com essas postagens.


Por fim, o delegado faz um alerta aos pais dos adolescentes que navegam na internet, e são titulares de redes sociais, para que fiquem atentos às postagens de seus filhos evitando esse tipo de transtorno.


A Policia Civil informou ainda que não foi necessária nenhuma apreensão. Nem do adolescente nem de equipamentos.


Caso no Parque Guarani


Recentemente viralizou na internet um vídeo em Juiz de Fora mostrando um rapaz apontando uma arma para uma escola pública no bairro Parque Guarani. Como uma resposta ao contexto atual de intranquilidade nas comunidades escolares em Minas Gerais, a Rádio Catedral solicitou informações à Polícia Civil sobre o andamento desse caso:

A Polícia Civil de Minas Gerais (PCMG) informa que, sobre o caso ocorrido no bairro Parque Guarani, em Juiz de Fora, no dia 14/4/2023, foi instaurado inquérito junto à 4ª Delegacia de Polícia Civil de Juiz de Fora. A PCMG informa ainda que foram apreendidas a arma de ar comprimido, utilizada no vídeo, e uma faca. Mais informações poderão ser repassadas ao final das investigações.

Confira também:

13 visualizações0 comentário

Commenti


bottom of page