top of page
  • Foto do escritorRadio Catedral

Experiência que mostra Deus presente em todos os lugares: criação do presépio completa 800 anos

O Vigário Provincial da Província Franciscana da Imaculada Conceição do Brasil, o Frei Gustavo Medella comenta a inspiração e o significado do gesto de São Francisco de Assis.


Por Roberta Oliveira



Com imagens caras ou de papel, argila, metal, não importa o material, nesta época, os presépios estão nas igrejas, nas praças, nas casas, nos locais de trabalho, nas ruas e inspiram exposições e mostras.


Oferecem uma experiência que toca o coração ao mostrar que Deus pode estar presente em todos os lugares. E você sabia que essa representação do nascimento do Menino Jesus que temos atualmente é tão comum e surgiu há exatos 800 anos, em 1223, por iniciativa de São Francisco de Assis?

São Francisco foi o responsável por criar o primeiro presépio e instituir esta tradição natalina nos lares católicos. O Jornal Boa Nova pediu ao Vigário Provincial da Província Franciscana da Imaculada Conceição do Brasil, o Frei Gustavo Medella para nos contar esta história. E ele começa explicando o que motivou São Francisco.


Frei Gustavo Medella lembra que o presépio mostra que todos os lugares são apropriados para receber o nascimento de Jesus – seja os pontos físicos ou, em especial, o nosso coração. O religioso comenta que quem rezar diante do presépio em uma igreja franciscana receberá a graça da indulgência e, assim, lavar a alma e ter um recomeço. Frei Gustavo reforça ainda que a força da cena está na simplicidade, o que aprofunda ainda mais o significado para os católicos.

Assista ao vídeo:



Confira também:
22 visualizações0 comentário

コメント


bottom of page