top of page
  • Foto do escritorRadio Catedral

Do jornalismo ao sacerdócio, o caminho de Frei Gustavo Medella para atender ao chamado de Deus

Atualizado: 18 de ago. de 2022

Por Roberta Oliveira

Frei Gustavo Medella é Vigário Provincial da Província Franciscana da Imaculada Conceição do Brasil | Foto: Arquivo Pessoal.

Em agosto, a Igreja Católica celebra as vocações. E não faltam exemplos de pessoas que foram chamadas para servir, de alguma maneira, como instrumentos de Deus na terra.


Uma delas é um garoto de Petrópolis (RJ), que se tornou jornalista em Juiz de Fora (MG) e atendeu ao chamado e ingressou na Família Franciscana. É a história do Frei Gustavo Medella, OFM. Primeiro ele narrou à Catedral FM sobre as duas paixões que sempre fizeram parte da vida dele desde a infância.


O gosto pelo canto coral levou Frei Gustavo até o Coral dos Canarinhos de Petrópolis e à proximidade com a vida da Família Franciscana.



Frei Gustavo Medella no tempo de universitário na Faculdade de Comunicação da UFJF | Foto: Arquivo Pessoal.

Próxima parada: Juiz de Fora


Concluído o Ensino Médio, chegou o momento em que a paixão pelo rádio trouxe Frei Gustavo para Juiz de Fora.


Um ano após se formar como jornalista na Faculdade de Comunicação Social (Facom) da Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF), chegou o momento de responder à outra pergunta que o acompanhou durante a vida, como conta Frei Gustavo.




Pronto para atender à vocação de servir a Deus


Você pode pensar que foi um caminho com algumas etapas. No entanto, Frei Gustavo Medella considera que não houve curvas. Afinal os dois amores surgidos na infância o conduziram para estar pronto para atender ao chamado do coração.


Atualmente vivendo no Rio de Janeiro, e viajando sempre que necessário, Frei Gustavo Medella é Vigário Provincial da Província Franciscana da Imaculada Conceição do Brasil. Com perfil ativo nas redes sociais, ele destacou a felicidade de poder colocar em prática tudo que aprendeu no serviço para Deus e à comunidade.


"Vanderley, não era essa música, não"


O improviso aprendido no rádio ajuda até nos momentos inesperados. Neste ano, Frei Gustavo Medella viralizou na internet durante a Festa da Penha em Vitória (ES).


O motivo foi um desencontro das expectativas: ao pedir ao técnico de som Vanderley para colocar um trecho da música "Laços" de Nando Reis e Ana Vilela para embalar um momento da reflexão, Frei Gustavo, o intérprete de Libras e a comunidade foram surpreendidos com um reggae.

Frei Gustavo Medella conduziu a situação com leveza e humor, enquanto Vanderley encontrou a música correta e a Missa voltou ao roteiro.

Frei Gustavo Medella e as crianças da coroação na Festa da Penha 2022 | Foto: Arquivo Pessoal.

314 visualizações0 comentário

Kommentare


bottom of page