top of page
  • Foto do escritorRadio Catedral

Em comunicado, Arcebispo se manifesta sobre transferência de Padre Pierre

Por Roberta Oliveira



Neste domingo, dia 22, o Arcebispo Metropolitano de Juiz de Fora, Dom Gil Antônio Moreira, divulgou uma mensagem sobre a transferência do Padre Pierre Maurício de Almeida Cantarino.


Como anunciado também neste domingo, na mensagem do arcebispo, depois de sete anos na Paróquia São José, do Bairro Costa Carvalho, Padre Pierre assumirá a Paróquia Santa Rita de Cássia, no Bonfim. Nos últimos dias, a mudança foi destaque na imprensa local e nas redes sociais.


Na nota de esclarecimento, Dom Gil Antônio Moreira aponta que a alteração foi feita “por motivos pastorais e para maior segurança de todos”. E que na nova paróquia o sacerdote “continuará com as mesmas atividades pastorais, caritativas e litúrgicas que vem realizando com tanto zelo e piedade desde que o ordenamos em 2013”.


O Arcebispo ainda esclarece que a Missa do Impossível, recentemente declarada patrimônio cultural imaterial de Juiz de Fora, continuará sob a responsabilidade de Padre Pierre, às terças-feiras, como vem sendo realizada na Avenida Sete de Setembro.


Dom Gil Antônio Moreira afirmou que espera que na nova paróquia, tanto ele quanto a multidão de fiéis que acompanha a cerimônia tenham melhores condições e mais liberdade para a prática da fé e da caridade.


Leia a íntegra da mensagem do Arcebispo sobre a transferência de Padre Pierre Maurício de Almeida Cantarino


“Não se perturbe e nem se intimide o vosso coração” (Jo. 14, 27b)
Em atenção aos nossos fiéis, filhos e filhas de nosso ministério episcopal nesta Arquidiocese de Juiz de Fora, desejo esclarecer que, por motivos pastorais e para maior segurança de todos, depois de bons diálogos com o nosso tão querido Padre Pierre, tendo vencido o período de seis anos para o qual foi nomeado, resolvemos transferi-lo da Paróquia São José, no Bairro Costa Carvalho, para a Paróquia Santa Rita de Cassia, no Bairro Bonfim, nesta mesma cidade. Ali ele continuará com as mesmas atividades pastorais, caritativas e litúrgicas que vem realizando com tanto zelo e piedade desde que o ordenamos em 2013.
Temos muito apresso pelo Padre Pierre e abençoamos seu ministério, sobretudo na divulgação da espiritualidade da misericórdia de Deus nas causas que pareçam impossíveis, baseado na narrativa bíblica do anúncio do Arcanjo Gabriel a Maria: “Para Deus nada é impossível” (Lc 1,37).
A devoção a Nossa Senhora do Impossível e a chamada Missa do Impossível continuarão a ser divulgadas e celebradas pelo mencionado Padre, como tem feito até aqui, para que todos continuem plenamente confiantes no amor de Deus que nunca abandona seus filhos, sobretudo nas ocasiões de maiores dificuldades.
Ao nosso filho espiritual, Padre Pierre, que tem enfrentado dificuldades para o exercício de seu trabalho pastoral, ofereço paternalmente o que a Palavra de Deus ensina: “Sê forte e corajoso! Não tenhas medo e nem desanimes, pois, o Senhor teu Deus estará contigo por onde andares” (Josué 1,19).
Espero que, na nova paróquia, onde há mais espaço para as multidões que acorrem às celebrações, tanto ele quanto os fiéis tenham melhores condições e mais liberdade para a prática da fé e da caridade. A todos envio a bênção de Deus, por intercessão de Nossa Senhora, a quem Jesus nos deu por Mãe no ato salvador do Calvário (cf. Jo. 19,25-27).
Juiz de Fora, 22 de maio de 2022
Sexto Domingo da Páscoa
Dia de Santa Rita de Cássia
Dom Gil Antônio Moreira
105 visualizações0 comentário

Commentaires


bottom of page