top of page
  • Foto do escritorRadio Catedral

Definida nova composição das Comunidades Redentoristas em todo Brasil

Confira as novas formações das Comunidades Redentoristas nas Paróquias da Glória e Nossa Senhora do Perpétuo Socorro, em Juiz de Fora.


Por Rádio Catedral



O Superior da Província Nossa Senhora Aparecida, o Padre Marlos Aurélio da Silva, C.Ss.R., divulgou a primeira circular com o novo quadro de formação das Comunidades Redentoristas em São Paulo, Minas Gerais, Rio de Janeiro, Espírito Santo, Bahia e Suriname.


De acordo com a Circular, os Missionários Redentoristas têm até o dia 25 de janeiro para se mudarem para os novos lugares aos quais foram designados.



A circular traz as composições das duas paróquias de Juiz de Fora, cidade que foi a primeira casa Redentorista no Brasil.


A nova comunidade redentorista da Paróquia Nossa Senhora da Glória será formada por:


1 - Pe. Jonas Pacheco Machado – Superior Interino e Vigário

2 - Pe. Carlos Viol – Pároco

3 - Pe. Dalton Barros de Almeida - Igreja

4 - Pe. Tiago Samuel Nunes Ferro - Vigário

5 - Pe. Braz Delfino Vieira – Igreja

6 - Ir. Marcos dos Santos Vilanova – Ecônomo Interino e Cuidados Gerais

7 - Ir. José Mauro Maciel – Arquivos


Deixam a comunidade da Igreja da Glória, o padre Lúcio Marcos Bento, que vai para o Santuário Nossa Senhora do Perpétuo Socorro em Campos do Goytacazes no rio de janeiro onde será Ecônomo Interino e Igreja.


O Padre José de Lima Torres será Ecônomo Interino e Vigário da Paróquia Santo Antonio em Juazeiro, na Bahia.


E o Padre Nelson Antônio Linhares de Souza será Superior Interino e Reitor na Igreja Santa Cruz em Araraquara (SP).





A nova comunidade redentorista na Paróquia Nossa Senhora do Perpétuo Socorro, no Floresta, será formada por:


1 - Pe. Adenilto Braz de Godói – Superior Interino e Vigário

2 - Pe. José Maurício Araújo – Pároco e Obra Social Pe. Nilton Fagundes

3 - Fr. Joílson Ramos Santos – Pastoral

4 - Ir. Fábio Silva Campos – Ecônomo Interino e Pastoral


O atual pároco, Padre Vanderlei Santos de Souza vai para Aparecida, no sistema de Comunicações Afonso de Ligório, para ser o Diretor das Rádios da Fundação Nossa Senhora Aparecida.


Sequência do processo de Missão, destaca provincial


O Provincial Padre Marlos Aurélio da Silva, C.Ss.R destacou que as transferências de cargos, funções e locais em vista da missão levou em consideração a amplitude do campo de atuação e o intercâmbio de Missionários Redentoristas de procedências diferentes.


“Ao visualizar esta composição será importante que consigamos entrever o alcance da missão de cada uma das nossas comunidades. Afinal, cada confrade, com seus limites e qualidades, deve esforçar-se para a continuidade do propósito missionário, que prometemos no dia da nossa profissão e ordenação!”


O sacerdote também ressaltou a importância de um projeto de vida comunitária, de planejamentos pastorais e da integração das pessoas na constituição das Comunidades Religiosas.


“A organização comunitária-institucional dentro da Província é uma necessidade, mas deve estar a serviço de um projeto de vida e missão”, alertou Padre Marlos.


Confira também:

72 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page