top of page
  • Foto do escritorRadio Catedral

Retinopatia diabética: uma das principais causas de perda visual irreversível no mundo


Ação no Hospital Maternidade Therezinha de Jesus em Juiz de Fora realiza triagem da Retinopatia Diabética no sábado, 25 de novembro. Oftalmologista explica sobre a doença.


Por Fabíola Castro

*Foto do site: drluisarana.com.br.


O Diabetes Mellitus (DM) é considerado uma crescente epidemia mundial associada à importante morbidade, um dos principais problemas de saúde pública do século XXI.


A retinopatia diabética é uma das principais causas de perda visual irreversível no mundo. Quanto maior o tempo de evolução do diabetes, maior o risco do paciente apresentar retinopatia diabética. A gravidade dessa condição aumenta com o inadequado controle glicêmico e o tempo da doença.


Diante disso, anualmente, o Hospital Maternidade Therezinha de Jesus em Juiz de Fora com o suporte do setor de Ambulatórios do Hospital e do Departamento de Endocrinologia, realiza uma ação de triagem da Retinopatia Diabética que nesse ano acontece no sábado, 25 de novembro.


A oftalmologista Dra. Silvana Vianello, que é membro da Sociedade Brasileira de Retina e Vítreo e uma das coordenadoras da iniciativa conversa com a gente hoje e explica sobre a doença.


Confira:


O que é retinopatia diabética?


A retinopatia diabética é uma doença silenciosa ou apresenta sinais e sintomas? Se sim, quais são?


Como é feito o diagnóstico? Esse é um dos objetivos da campanha Novembro Azul - que conscientiza sobre o Diabetes -, sobre o diagnóstico precoce e, claro, a prevenção?


A retinopatia diabética pode atingir qualquer faixa etária?


Como é o tratamento e tem cura para retinopatia diabética?


Para reforçar, a prevenção como é feita?


Se o tratamento não for adequado, a pessoa pode perder a visão?


Falando especificamente da ação da campanha Novembro Azul, no Hospital Maternidade Therezinha de Jesus acontecerá essa iniciativa para triar a Retinopatia Diabética. Como será? Quem pode participar e como?


E mesmo que a pessoa não consiga participar da ação sábado no HMTJ, se ela tem Diabetes deve procurar seu médico, nesse caso, o oftalmologista para fazer a prevenção da retinopatia diabética?


Obrigada pela entrevista e sua participação em nossa rádio e no quadro Bendita Saúde.


A ação de triagem da Retinopatia Diabética que será realizada no Hospital Maternidade Therezinha de Jesus em Juiz de Fora no sábado, 25 de novembro, será entre 8h e 12h.


Como a Dra Silvana bem explicou, Retinopatia Diabética é consequência do descontrole da Diabetes, que afeta múltiplos órgãos e na parte ocular, compromete a estrutura do fundo do olho, principalmente nos vasos da retina, que faz a captação da imagem. Esta lesão pode levar a danos irreversíveis, mas pode ser prevenida em 90% dos casos quando diagnosticados precocemente. Porém, é grave quando em estado avançado.


A campanha realizada neste mês tem o objetivo de chamar a atenção para a prevenção da perda visual provocada pela diabetes. Este tipo de ação é promovida pela Sociedade Brasileira de Retina e Vítreo em todo o país, em novembro, que também é azul em função da campanha mundial de alerta contra o Diabetes.


Destacando que na ação no HMTJ, o atendimento é exclusivo para pacientes diabéticos que deverão agendar sua participação através do telefone (32) 4009-2377, das 14h às 16h, até esta sexta-feira, 24. Lembrando também que há um limite de capacidade de atendimento e que as vagas são limitadas.


O recado mais importante é que se você tem Diabetes precisa também, além de controlar a doença, cuidar da sua visão procurando um oftalmologista.



2 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page