• Radio Catedral

Juiz de Fora entra para a Faixa Roxa do programa “Juiz de Fora pela Vida”

por Giovane Rezende

Devido ao agravamento da situação epidemiológica na cidade, Juiz de Fora entrou nesta segunda-feira, 8, na Faixa Roxa do Programa Municipal de Enfrentamento à Covid-19, “Juiz de Fora pela Vida”.

O decreto de lockdown, pelo prazo de uma semana, foi anunciado pela prefeita Margarida Salomão em coletiva de imprensa remota, realizada domingo, 7. Segundo a Prefeita, só vão poder funcionar as atividades estritamente necessárias.

O novo decreto suspende todas as atividades presenciais no município.


Estão permitidos:


-o transporte coletivo urbano, que deve funcionar com a totalidade integral de veículos, vedado o transporte de passageiros em pé;


-o serviço de transporte individual público de passageiros; o serviço de transporte remunerado privado individual de passageiros;


-os Postos de abastecimento;


-os Serviços de saúde;


-os Supermercados, mercearias, padarias, vedado o consumo no local e manutenção de mesas e cadeiras, respeitando o controle de fluxo de entrada e de uma pessoa a cada dez metros quadrados e o distanciamento de dois metros entre as pessoas;


-os Estabelecimentos agropecuários e venda de alimentos preparados para consumo domiciliar devem prestar serviço de portas fechadas e exclusivamente com entrega em domicílio;


os Estabelecimentos agropecuários e venda de alimentos preparados para consumo domiciliar devem prestar serviço de portas fechadas e exclusivamente com entrega em domicílio;


-as Agências bancárias e lotéricas, respeitando o controle de fluxo de entrada e de uma pessoa a cada dez metros quadrados e o distanciamento de dois metros entre as pessoas.

Conforme Margarida Salomão, o agravamento da situação dos leitos de UTI locais e regionais implicaram nas medidas, já que, de acordo com a Prefeita, estamos entrando em um período de circulação intensa do vírus.

A utilização de máscara de proteção continua obrigatória em Juiz de Fora. Em caso de descumprimento do decreto, o infrator pode ser penalizado, como determina o Código de Posturas do Município, e, inclusive, interditado, em caso de estabelecimentos.




Feiras são suspensas a partir desta segunda-feira


As feiras livres de Juiz de Fora, bem como a Feira da Agricultura Familiar, estão suspensas a partir de hoje, com o objetivo de evitar aglomerações e conter os avanços da Covid-19 em Juiz de Fora. A venda de alimentos para consumo domiciliar, pode ser feita, exclusivamente, por delivery.


A decisão foi tomada após o anúncio da prefeita Margarida Salomão sobre o fechamento de todas as atividades públicas consideradas não essenciais, mantendo em funcionamento apenas aquelas que são estritamente imprescindíveis, como farmácias, supermercados, padarias e bancos.

A Secretaria de Agricultura, Pecuária e Abastecimento, da Prefeitura de Juiz de Fora, destaca que, ainda que as feiras livres ocorram em locais abertos, não é possível fazer o controle de fluxo de pessoas nos espaços onde elas são realizadas.

A “Feira de Mulheres Produtoras e Agricultoras de JF” que estava programada para acontecer em quatro segundas-feiras do mês de março, também foi suspensa.


0 comentário

Receba nossas atualizações

  • Ícone do Facebook Branco
  • Ícone do Twitter Branco
  • 347814db5ead8ece1540a586342c64b7_logo-ds

© Criado por Elias Arruda.  Todos os direitos reservados à Rádio Catedral - FM .