top of page
  • Foto do escritorRadio Catedral

Confirmado: Minas Gerais decreta estado de emergência por causa da dengue

Por Agência Brasil




Com explosão de casos – são mais de 11 mil confirmados só nas três primeiras semanas do ano – Minas Gerais decreta estado de emergência por causa da dengue. É o segundo ano consecutivo de epidemia, de acordo com a secretaria de saúde do estado.


A medida foi anunciada pelo Secretário Estadual de Saúde, Fábio Baccheretti, em coletiva na semana passada. E o decreto foi publicado em edição extra do Diário Oficial de Minas do sábado (27).


Na prática, ele permite a adoção de todas as medidas administrativas e assistenciais necessárias para conter o aumento de casos de doenças, especialmente a compra de insumos e materiais. Foi criado, ainda, o Centro de Operações de Emergências em Arboviroeses. A medida vai valer por 180 dias.


Minas é a segunda localidade a decretar situação de emergência esta semana por causa da Dengue. A primeira foi o Distrito Federal, na última quinta-feira. No DF, o decreto ainda alerta para risco de epidemia de outras doenças transmitidas pelo mosquito Aedes Aegypti, como zika e chikungunya. Isso porque, houve aumento de 646% no número de casos na região nesse começo de ano em relação ao mesmo período de 2023. Mais de 17 mil casos suspeitos com três mortes.


Entre as ações autorizadas para combater o Aedes está a entrada dos agentes de saúde em imóveis públicos ou particulares que estejam abandonados, vazios. E também naquela em que o morador não tenha permitido a entrada dos profissionais. Para isso, os agentes deverão estar devidamente identificados. Detalhe: será considerado imóvel vazio – ou ausente – aquele em que não seja encontrado ninguém para permitir o acesso em duas tentativas anteriores. Essas visitas devem ser comunicadas e em dias alternados num intervalo de dez dias. Foi criado também um grupo para elaborar ações de prevenção e combate à doença. Confira também:




11 visualizações0 comentário
bottom of page