• Radio Catedral

Arquidiocese de Juiz de Fora celebra Quarta-feira de Cinzas

por Giovane Rezende


Nesta Quarta-feira, dia 17 de fevereiro, os católicos celebram a Quarta-feira de Cinzas, que marca o início da Quaresma. Este tempo de recolhimento e oração antecede a Semana Santa, em que a Igreja relembra a Paixão, Morte e Ressurreição de Jesus Cristo. Durante este tempo litúrgico, os fiéis são convidados a rever sua vida cristã e a praticar os exercícios quaresmais: o jejum, a penitência, a esmola e a oração.


O Arcebispo Metropolitano de Juiz de Fora, Dom Gil Antônio Moreira, fala sobre a Quaresma, um tempo santo, uma preparação para a Páscoa.

O Rito de imposição das cinzas, realizado na Missa da Quarta-feira de Cinzas, este ano vai ter uma mudança. Devido à necessidade de distanciamento social em razão da pandemia da Covid-19, a Congregação para o Culto Divino e a Disciplina dos Sacramentos indicou que, depois da oração de bênção das cinzas e de as ter aspergido com água benta, o sacerdote vai dizer uma só vez para todos a fórmula que se encontra no Missal Romano: “Convertei-vos e acreditai no Evangelho” ou “Lembra-te que és pó da terra e à terra voltarás”.

Além disso, no momento da imposição das cinzas nas cabeças dos presentes, o padre e os ministros devem permanecer em silêncio e com a máscara de proteção facial, assim como os fiéis. Dom Gil explica como vão funcionar as confissões e a cerimônia da imposição.

A Quarta-feira de Cinzas também é marcada, no Brasil, pela abertura da Campanha da Fraternidade, que em 2021 vai ser ecumênica e traz o tema “Fraternidade e Diálogo: compromisso de amor” e o lema “Cristo é a nossa paz: do que era dividido, fez uma unidade” (Ef 2,14). A abertura oficial da Campanha na Arquidiocese de Juiz de Fora acontece amanhã durante a Missa das 10 da manhã, na Catedral Metropolitana, presidida por Dom Gil, com transmissão pela Rádio Catedral.


O Arcebispo Metropolitano de Juiz de Fora divulgou orientações para o clero e os fiéis, destacando o Triênio para o Centenário da diocese, o Ano de São José e a Quaresma.


Você pode conferir aqui o texto na íntegra.


Confira aqui os horários de missas em igrejas de Juiz de Fora e do interior da Arquidiocese.

0 comentário