top of page
  • Foto do escritorRadio Catedral

Viver unicamente para Deus: jovem de Santos Dumont professa Votos Perpétuos na Vida Religiosa

Atualizado: 29 de ago. de 2022

Por Fabíola Castro

Irmã Maria de Jesus e Irmã Marília | Foto: Amare Foto Sacra.

Viver unicamente para Deus, amando-O e servindo-O na vida contemplativa claustral, numa comunidade fraterna, colaborando desta forma com a missão da Santa Igreja na Evangelização do mundo, assim é a vida das Irmãs Religiosas da Ordem da Visitação de Santa Maria, na cidade de Barbacena (MG). E é também a vocação que foi escolhida pela agora Irmã Marília Aparecida da Silva, de 26 anos de idade, natural de Santos Dumont (MG) e que fez os seus Votos Perpétuos na Vida Religiosa Consagrada no último domingo, 21 de agosto.


Em agosto, a Igreja Católica celebra o mês das vocações e no terceiro domingo destaca a vocação à vida religiosa e consagrada. Os religiosos e as religiosas intercedem pela Igreja e rezam pelas suas necessidades.


Mosteiro da Visitação de Santa Maria


A Irmã Maria de Jesus Baptista de Souza de 88 anos de idade e 69 anos de Profissão Religiosa é a Madre Superiora e fala sobre a história da Congregação fundada na França e também do Mosteiro atualmente em Barbacena, mas que foi fundado em Niterói (RJ).


Uma vida de clausura, vivida em oração por toda a humanidade, trabalho e profunda união com Deus, conforme explica Irmã Maria de Jesus.


Descoberta da vocação a partir da inquietação e de conversas com Deus


A jovem Irmã Marília Aparecida da Silva, em entrevista para a Rádio Catedral, contou que a princípio não pensava em seguir esta vocação, mas sempre participava da vida da Igreja.


Os planos de Deus já estavam traçados para a vida da jovem Marília, na época com 16 anos.


Mas, neste processo de discernimento da vocação, a jovem ainda tentou outros caminhos.


Entre conversas com a família, pessoas próximas, amigas que ajudaram no discernimento, com o pároco de sua paróquia, a jovem Marília foi conhecendo locais que pudessem acolher a sua inspiração e vocação e foi no Mosteiro das Irmãs Visitandinas, de Vida Contemplativa, em Barbacena, que segundo ela, encontrou a paz que tanto buscava.


Desde o ingresso no Mosteiro em 2014, foram oito anos até que no último domingo, 21 de agosto, Solenidade da Assunção de Nossa Senhora e dia dedicado a Vida Religiosa e Consagrada, dentro deste mês das vocações, Irmã Marília professou seus Votos Perpétuos.


Só quem vive, sente e sabe


Perguntada sobre o significado deste momento de sua entrega total e definitiva a Deus, Irmã Marília disse que é bastante difícil definir em palavras.


Ouvir a voz de Deus


Em meio a um mundo tão barulhento, ouvir a voz de Deus para discernir qual a vocação, define Irmã Marília, principalmente se o desejo for pela vida religiosa.


Irmã Marília finaliza reforçando a sua confiança na misericórdia e sustento de Deus.


De Santos Dumont para Barbacena


A jovem religiosa tem como comunidade de origem, a Paróquia São Joaquim e Sant’Ana, da cidade de Santos Dumont, da qual sua família, amigos e alguns paroquianos participaram de seus Votos Perpétuos no Mosteiro em Barbacena. O atual pároco, Padre Felipe de Castro Costa, contou da alegria de estar na Celebração.


O Mosteiro das Irmãs Religiosas da Ordem da Visitação de Santa Maria fica Rua Rosina Apolinário, 170 – no bairro Caminho Novo, em Barbacena.








930 visualizações0 comentário

Opmerkingen


bottom of page