• Radio Catedral

Solenidade de Cristo Rei marca também abertura da JMJ 2023 na Arquidiocese

por Giovane Rezende*

A Solenidade de Cristo Rei, celebrada neste domingo, 21 de novembro, marca o fim do Ano Litúrgico da Igreja Católica. Instituída em 1925 pelo Papa Pio XI, a data coloca os cristãos frente à realeza de Jesus, que não deve ser entendida à maneira dos reis deste mundo, mas de acordo com a lógica de Deus. Além disso, o último domingo do Ano Litúrgico marca o dia dos leigos e leigas, recuperando a importância do laicato na vida eclesial.


Neste domingo, a data foi comemorada em Santa Missa presidida na Catedral pelo Arcebispo Metropolitano de Juiz de Fora, Dom Gil Antônio Moreira. O pastor destacou o momento de ação de graças e louvor por Deus que nos ajudou a superar este momento de pandemia que vivemos.

A Missa também marcou o lançamento Arquidiocesano da Jornada Mundial da Juventude (JMJ) 2023, que será realizada em Lisboa, Portugal, em Agosto. Conforme Dom Gil, em frente a Cruz da Juventude, é o momento de conclamar os jovens a se organizarem para o grande evento.

O Arcebispo Metropolitano, Dom Gil Antônio Moreira, ressaltou a importância de ouvir da Igreja nesta próxima Jornada Mundial da Juventude a palavra de Maria, nos dando o exemplo de que não podemos perder tempo.

Segundo o Assessor da Pastoral Juvenil da Arquidiocese, padre Luiz Roberto Magalhães Leite, o padre Zucka, devemos ter pressa para encontrar Jesus Cristo e a Jornada Mundial da Juventude vem para iluminar nossos jovens nesse sentido.


*Áudios cedidos pela Assessoria de Comunicação da Catedral JF

0 comentário