top of page
  • Foto do escritorRadio Catedral

Professor de Psicologia dá 5 dicas para lidar com as diferenças na reta final da campanha eleitoral

Por Danielle Quinelato


Há quem diga que não vale a pena brigar por política, mas essas desavenças parecem ser inevitáveis, ainda mais com a proximidade do segundo turno das eleições e com a polarização política pela qual o Brasil passa. Na busca por um inexistente “certo e errado”, muitas pessoas acabam entrando em discussões complexas, apelam para argumentos rasos e até ficam mais agressivas.


O Professor de Psicologia da Estácio, Tiago Jordão, dá cinco dicas para lidar com as diferenças na reta final da campanha eleitoral. As primeiras dizem respeito a conhecer os motivos que levam o outro a votar diferente de você e também à importância de se checar as informações antes de compartilhá-las.


Tiago Jordão ainda orienta o eleitor mais radical a recordar que, do outro lado de uma discussão, há uma pessoa que não se resume apenas à sua opção política.


Por fim, o Professor de Psicologia questiona se vale a pena perder amizades em razão de pontos de vista diferentes.


14 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page