top of page
  • Foto do escritorRadio Catedral

Prefeitura diz que exames de caso suspeito em Juiz de Fora deram negativo para varíola dos macacos

Por Rádio Catedral

Teste varíola dos macacos/monkeypox | Foto: Dado Ruvic/REUTERS.


A Secretaria de Saúde de Juiz de Fora informou na manhã desta quinta-feira, 30, que o caso suspeito de varíola dos macacos (monkeypox) em Juiz de Fora foi descartado, após exames laboratoriais. Não foram divulgadas informações sobre quem é a pessoa nem onde foi atendida.


Em nota nesta quarta, 29, a Subsecretaria de Vigilância de Saúde explicou que houve coleta de amostra por meio do exame PCR em tempo real e/ou sequenciamento, que foi encaminhada à Fundação Ezequiel Dias - FUNED. Além disso, o estabelecimento de saúde que recebeu o caso suspeito foi orientado sobre o protocolo de notificação e de coleta de exames laboratoriais, medidas de isolamento respiratório e de contato.


Este era um dos três casos em investigação em Minas Gerais. Até esta quarta, 29, foram 12 notificações, um caso confirmado e oito foram descartados, após exames laboratoriais.


No Brasil, desde 23 de maio, foi instalada uma Sala de Situação de Monkeypox, na Secretaria de Vigilância em Saúde do Ministério da Saúde para detectar casos prováveis, coordenar a resposta e organizar as ações relacionadas à vigilância e assistência à saúde.


Posicionamento da Secretaria de Estado da Saúde


A Secretaria de Estado de Saúde de Minas Gerais divulgou que três casos estão em investigação e nenhum deles teve histórico de viagens para o exterior. Até agora, foram notificados 12 casos suspeitos e oito já foram descartados.


Um foi confirmado em Belo Horizonte: um homem de 33 anos que esteve na Europa. O paciente está em isolamento domiciliar, o quadro é estável e os parentes estão sendo monitorados. Novas informações serão divulgadas pelo Estado na sexta-feira.


De acordo com o boletim epidemiológico do Ministério da Saúde, até terça-feira, foram confirmados 4.607 casos em 49 países. No Brasil, a Agência Brasil noticiou que o número subiu para 37 casos confirmados.


Sobre a varíola dos macacos/monkeypox


A Monkeypox – varíola dos macacos – é uma doença causada por um vírus, transmitida por pequenos roedores nas florestas tropicais da África. Neste ano, houve vários registros em países europeus.


De acordo com o site do Ministério da Saúde, a transmissão para humanos pode ocorrer por meio do contato com animal ou humano infectado ou com material corporal humano contendo o vírus. E, apesar do nome, os macacos não são reservatórios do vírus.


24 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page