top of page
  • Foto do escritorRadio Catedral

Prêmio Amigo do Patrimônio divulga vencedores da 19ª edição em Juiz de Fora

Por Rádio Catedral


Oito iniciativas de pessoas físicas e jurídicas foram contempladas na 19ª edição do Prêmio Amigo do Patrimônio, em Juiz de Fora.


Nesta edição, o prêmio Amigo do Patrimônio homenageia o Batuque Afro-brasileiro de Nelson Silva pelos 60 anos de atuação no resgate da história e na valorização da cultura negra em Juiz de Fora.


A homenagem é promovida anualmente pela Funalfa, e pelo Conselho Municipal de Preservação do Patrimônio Cultural (Comppac). Foram escolhidos a Rede social Culture-se; a Associação Casa D’Itália; o livro “Juiz de Fora: da bruxa Silvina e do voo de Darioli - Notícias da cidade nas páginas da imprensa”; o Museu Dinâmico de Ciência e Tecnologia; o Arquivo Central da UFJF; Edil Wilson Spada; Carolina Martins Saporetti e Mariana D. Abrahão Cury.


A cerimônia de entrega da honraria será em 21 de agosto, às 18h30, no Teatro Paschoal Carlos Magno, na Rua Gilberto de Alencar, atrás da Igreja São Sebastião, no Centro.


Neste ano, a comissão de avaliação do prêmio teve como jurados: Ana Carolina de Vasconcelos - Gerente de Difusão e Educação para o Patrimônio Cultural do Instituto Estadual do Patrimônio Histórico e Artístico (Iepha); a gerente do Dmpac/Funalfa, Maria Luiza Igino Evaristo, além dos representantes do Comppac Maciel Antônio Silveira Fonseca (Ordem dos Advogados do Brasil – OAB), Marcos Olender (UFJF), Paulo Gawryszewski (Instituto dos Arquitetos do Brasil - IAB/Zona da Mata e Vertentes).


Premiados:


- Rede social Culture-se - Pelo engajamento e alcance, pertinência e difusão dos patrimônios culturais locais.


- Associação Casa D’Itália – Em reconhecimento às diversas ações de difusão, promoção do saber e educação patrimonial, através dos canais mantidos pela instituição.


- “Juiz de Fora: da bruxa Silvina e do voo de Darioli - Notícias da cidade nas páginas da imprensa”, em reconhecimento à originalidade do livro elaborado a partir de relação, organização de fontes, e pelo caráter louvável de distribuição do material. Os organizadores da obra são os historiadores Heliane Casarin, Jefferson de Almeida Pinto e Rogério Rezende Pinto.


- Museu Dinâmico de Ciência e Tecnologia – Pela relevância do acervo para fins educativos e pelo importante trabalho museológico desenvolvido.


- Arquivo Central da UFJF - Reconhecimento à gestão do acervo documental, que destaca-se pelo papel educativo com alunos da graduação e da educação básica, através de visitas guiadas e oficinas.


- Edil Wilson Spada - Em reconhecimento aos saberes e narrativas difundidos sobre a memória da cidade e por fazer do Cemitério Municipal um espaço educativo, de fruição cultural e de valorização da memória.


- Carolina Martins Saporetti – Pelo dedicado trabalho no campo da educação patrimonial, conservação de acervos, pesquisa e difusão do Patrimônio Cultural da cidade, contribuindo para a valorização destes.


- Mariana D. Abrahão Cury - Reconhecimento às ações comunitárias e aplicação da metodologia do Inventário Participativo no bairro Vale Verde, destacando a atuação de mulheres e suas referências culturais no território.

5 visualizações0 comentário

Комментарии


bottom of page