Receba nossas atualizações

  • Ícone do Facebook Branco
  • Ícone do Twitter Branco

© Criado por Elias Arruda.  Todos os direitos reservados à Rádio Catedral - FM .

  • Radio Catedral

Polo da UFJF oferece oficinas para familiares e cuidadores de idosos com Alzheimer



O Polo Interdisciplinar de Ensino, Pesquisa e Extensão sobre o Processo de Envelhecimento da Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF), por meio do projeto de extensão “Acolhendo e informando os cuidadores de pacientes com doença de Alzheimer (DA)”, abre 20 vagas, em 13 oficinas, para capacitar e instrumentalizar familiares de idosos com a patologia degenerativa.


As inscrições são gratuitas e devem ser feitas, presencialmente, na Casa Helenira Preta (Rua Severino Meirelles, 260 - Alto dos Passos), entre os próximos dias 16 a 20, das 8h30 às 12h. 

O projeto de extensão propõe oferecer, por meio de atividades psicoeducativas, ações de cuidar que possibilitem uma melhor qualidade de vida ao idoso com a doença de Alzheimer. As atividades têm início previsto para a sexta-feira, 17 de abril, e serão desenvolvidas por uma equipe formada por uma enfermeira e bolsistas das áreas de Enfermagem e Nutrição. 

De acordo com a coordenadora da iniciativa, Janice Rosa Paulino, sendo a doença de Alzheimer considerada uma patologia degenerativa que se instala de forma insidiosa e causa declínio progressivo das funções cognitivas ligadas à percepção, à aprendizagem, à memória, ao raciocínio e ao funcionamento psicomotor, bem como ao aparecimento de quadros neuropsiquiátricos com diversas manifestações graves, faz com que muitos idosos não tenham a possibilidade de um tratamento digno. “Diante de tais estimativas é que se justifica a importância deste projeto, com o intuito de juntamente com os cuidadores, trabalhar o entendimento dos familiares sobre a doença, discutir alternativas de cuidado em saúde, fortalecer os laços protetivos e medidas que irão promover mais qualidade de vida a esses pacientes.”

A enfermeira destaca que a iniciativa não se trata de um curso, mas de 13 oficinas, direcionadas exclusivamente a cuidadores familiares e não se destina a profissionais. “Gostaria de ressaltar que não é um curso de capacitação profissional para cuidadores de idosos, é um curso exclusivo para familiares de pessoas com Alzheimer já diagnosticadas e com tratamento em curso.”

As ações acontecem em 13 encontros quinzenais, realizados às sextas-feiras, das 9h às 12h, na Casa Helenira Preta, situada à Rua Severino Meirelles 260, no Bairro Alto dos Passos. No ato de inscrição, os interessados devem comparecer munidos com as cópias do documento de identidade, do comprovante de residência e uma foto 3×4 para a ficha cadastral.

O projeto

O Acolhendo e informando os cuidadores de pacientes com doença de Alzheimer (DA) surgiu a partir do oferecimento de um curso de extensão para cuidadores familiares de pacientes com doença de Alzheimer em 2019. Além disso, o Polo também recebe familiares com muitas dúvidas e questões a serem tratadas relativas a doença.

Outras informações: (32) 3215-4694 (Casa Helenira Preta).