top of page
  • Foto do escritorRadio Catedral

Os riscos da automedicação e a importância do uso racional dos medicamentos

Por Fabíola Castro

*Foto: Site Pfizer.

O Bendita Saúde desta quinta-feira (12) trouxe uma entrevista sobre automedicação e uso racional dos medicamentos.


O uso indiscriminado de medicamentos pode trazer diversos prejuízos à saúde, como a intoxicação, alergias e lesões a órgãos, além de poder atrapalhar o diagnóstico de algumas doenças. No último dia 5 de maio foi lembrado o Dia Nacional do Uso Racional de Medicamentos que tem como objetivo reforçar a importância dos cuidados com a saúde e alertar a população em relação aos riscos causados pela automedicação.


O farmacêutico da Farmácia Central da Prefeitura de Juiz de Fora, Thiago Soares Pires, na entrevista, trouxe informações sobre a importância do uso racional dos medicamentos, que são um meio muito importante na manutenção da saúde, se usados da forma correta.


Confira:


O que é considerado automedicação?


Quais complicações podem surgir em caso de automedicação?


Você citou medicamentos que precisam de receitas controladas para serem adquiridos, mas aqueles que não precisam não significa que eles possam ser usados indiscriminadamente?


Quais as principais causas de automedicação?


Quando falamos de automedicação é preciso pensar também nas possíveis interações medicamentosas, não é? De que forma?


Essa prática da automedicação pode ocasionar também o agravamento de outras doenças?


Há dados que mostram o uso de medicamentos por conta própria na população?


A utilização racional do medicamento, como deve ser?


Se os usuários precisarem de orientações quanto ao uso de medicamentos e onde buscar?


Então, o acesso aos tratamentos corretos é fundamental e primordial, assim como a orientação, informação a educação para o seu bom uso e efeito?


E, finalizando, quando falamos de medicamentos do seu uso correto, é importante lembrar também do descarte correto quando for o caso?


Em Juiz de Fora, os usuários podem retirar remédios e receber orientações farmacêuticas, mediante a apresentação de receitas médicas, nas farmácias das Unidades Básicas de Saúde (UBSs), na Farmácia Central e na Farmácia Oeste.


A Farmácia Central fica localizada na Rua Espírito Santo, 1064, no Centro. O horário de funcionamento é de segunda a sexta-feira, das 8h30 às 17h30. Outras informações pelo telefone 3690-8517.


Já a Farmácia Oeste, fica localizada no Campus da Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF), na Rua José Lourenço Kelmer, s/n, Bairro São Pedro, e funciona de segunda a sexta-feira, das 7h30 às 12h e das 13h30 às 17h30. O telefone é 2102-3156.

6 visualizações0 comentário

Commenti


bottom of page