top of page
  • Foto do escritorRadio Catedral

“Oportunidade de mergulhar em Deus”, diz Dom Gil sobre o retiro espiritual dos padres

Por Roberta Oliveira


“Oportunidade de mergulhar em Deus”. É assim que o Arcebispo Dom Gil Antônio Moreira define o retiro espiritual da primeira turma do clero da Arquidiocese de Juiz de Fora.


Até sexta-feira, dia 17 de fevereiro, 48 sacerdotes participam deste momento de reflexão e oração no Ceflã, conduzidos pelas pregações do bispo da Diocese de Petrópolis (RJ), Dom Gregório Paixão.


O retiro da segunda turma de padres da Arquidiocese de Juiz de Fora será de 24 a 28 de novembro, também no Ceflã.

Chance de abrir o coração para Deus


O arcebispo metropolitano Dom Gil Antônio Moreira destacou que o tema da pregação, voltado para os exemplos de figuras femininas dialoga com o Ano Mariano na Arquidiocese.


Dom Gil Antônio Moreira destacou que o retiro oferece a oportunidade de um mergulho na espiritualidade e na aproximação de Deus



Inspiração para convidar outros para o caminho de Deus


Pelo segundo ano, o responsável pelas pregações é o bispo da Diocese de Petrópolis (RJ), Dom Gregório Paixão. Ele comenta a temática sobre o papel de algumas mulheres na Bíblia, nas reflexões dentro do Ano Mariano e o Ano Vocacional.


Dom Gregório comentou sobre a inspiração para que outras pessoas se juntem na caminhada que leva a Jesus e a Deus.


Pausa que prepara a sequência da atuação nas paróquias

Padre Rodney Henriques comemorou 19 anos de sacerdócio. Ele refoçou a importância deste momento de reflexão para a atuação presbiteral.


Padre Cláudio Machado comentou que o retiro contribui para a preparação dos sacerdotes para a vivência da Quaresma junto às comunidades de fé.



36 visualizações0 comentário

Komentar


bottom of page