Receba nossas atualizações

  • Ícone do Facebook Branco
  • Ícone do Twitter Branco

© Criado por Elias Arruda.  Todos os direitos reservados à Rádio Catedral - FM .

  • Radio Catedral

Na Arquidiocese de Juiz de Fora, Missa da Quarta-feira de Cinzas marca abertura oficial da CF 2020

Por Fabíola Castro



Na noite de ontem (26), foi celebrada na Catedral de Juiz de Fora, a Santa Missa da Quarta-feira de Cinzas, com imposição das cinzas aos fiéis e também com a abertura da Campanha da Fraternidade 2020 na Arquidiocese. A Missa foi presidida pelo Arcebispo Metropolitano, Dom Gil Antônio Moreira, concelebrada pelos Padres José de Anchieta Moura Lima e Monsenhor Luiz Carlos de Paula.


As cinzas foram bentas pelo Arcebispo logo após a homilia e em seguida colocadas sobre a cabeça ou na testa dos fiéis, dizendo-se: “Lembra-te que és pó, e ao pó hás de voltar” (Gn 3,19) ou “Convertei-vos e crede no Evangelho” (Mc 1,15).


Dom Gil explicou que a Quarta-feira de Cinzas abre o tempo penitencial da Quaresma.

Um conselho dado aos fiéis por Dom Gil, foi o da reconciliação, para bem viver este período.

A Campanha da Fraternidade 2020, aberta oficialmente, tem como tema: “Fraternidade e Vida: Dom e Compromisso” e o lema bíblico extraído de Lucas 10, 33-34: “Viu, sentiu compaixão e cuidou dele”.


Sobre a iniciativa, o Arcebispo disse que é uma proposta da Igreja Católica para que as pessoas de boa vontade possam vivenciar de fato o Evangelho.

A Parábola do Bom Samaritano citada no lema da CF 2020, segundo Dom Gil, se refere à salvação.

O administrador da Catedral, Padre Anchieta, falou sobre o significado da Quarta-feira de Cinzas e a importância da Quaresma.

Oração da Campanha da Fraternidade 2020:


Deus, nosso Pai, fonte da vida e princípio do bem viver,

criastes o ser humano e lhe confiastes o mundo como um jardim a ser cultivado com amor.


Dai-nos um coração acolhedor para assumir a vida como dom e compromisso.


Abri nossos olhos para ver as necessidades dos nossos irmãos e irmãs,

sobretudo dos mais pobres e marginalizados.


Ensinai-nos a sentir verdadeira compaixão expressa no cuidado fraterno,

próprio de quem reconhece no próximo o rosto do vosso Filho.


Inspirai-nos palavras e ações para sermos construtores de uma nova sociedade,

reconciliada no amor.


Dai-nos a graça de vivermos em comunidades eclesiais missionárias,

que, compadecidas, vejam, se aproximem e cuidem daqueles que sofrem,

a exemplo de Maria, a Senhora da Conceição Aparecida

e de Santa Dulce dos Pobres, Anjo Bom do Brasil.


Por Jesus, o Filho amado, no Espírito, Senhor que dá a vida.


Amém!


Cartaz da CF 2020