top of page
  • Foto do escritorRadio Catedral

Morcego, gambá, quati: Bombeiros de Barbacena orientam sobre como agir diante de animais silvestres

Por Roberta Oliveira

Morcego foi capturado em escola infantil de Barbacena | Foto: Corpo de Bombeiros/Divulgação.

O aparecimento de animais silvestres em áreas urbanas é uma das ocorrências mais comuns registradas pelo 2º Batalhão do Corpo de Bombeiros Militar de Barbacena. A corporação atende municípios da região do Campo das Vertentes.

O caso mais recente foi um morcego que apareceu em um Centro Educacional Infantil, no Bairro São José, em Barbacena, nesta terça, 26. O animal, que estava dependurado no trilho de uma cortina, foi capturado pelos militares e devolvido sem ferimentos ao habitat natural.


Queimadas causam aumento nas ocorrências


Nas últimas semanas, os Bombeiros Militares de Barbacena registraram o aparecimento de gambás, tucanos, urubus, diversas espécies de serpentes e um quati em residências ou áreas urbanas dos municípios da região de Barbacena, São João del-Rei, Conselheiro Lafaiete, estendendo até Congonhas.


A corporação destacou que um motivo seria o aumento das queimadas na região. "Devido às queimadas, tem se tornado frequente o aparecimento de animais silvestres em ambiente urbano, colocando tanto a sua integridade, quanto a das pessoas em risco. Portanto, a melhor maneira de prevenir o aparecimento dessas espécies, é com a preservação das matas", divulgou em nota à imprensa.


Família de Barbacena encontrou quati na cozinha e chamou os Bombeiros | Foto: Corpo de Bombeiros/Divulgação

Como agir em caso de aparecimento de animais silvestres


Os Bombeiros orientam que, diante de um animal silvestre, os moradores não façam a captura, por causa do risco de acidentes e de transmissão de possíveis doenças. Para isso, é necessário treinamento e os equipamentos adequados.


Ao encontrar animal silvestre, perigoso ou desconhecido, ligue para os Bombeiros, pelo telefone 193. Eles fazem o procedimento, se o animal tiver algum ferimento é encaminhado para atendimento veterinário e, em seguida, devolvido ao habitat natural.

11 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page