top of page
  • Foto do escritorRadio Catedral

Mais de 1.200 crianças são vacinadas contra dengue em Juiz de Fora

Por Rádio Catedral


No primeiro dia de campanha, 1.267 doses de vacina contra a dengue foram aplicadas no primeiro dia de campanha para crianças e adolescentes em Juiz de Fora. Os dados foram divulgados pela Secretaria Municipal de Saúde nesta segunda-feira (6).


O primeiro dia de vacinação foi para crianças de 10 e 11 anos. No próximo sábado (11), serão vacinadas as crianças e adolescentes de 12 e 13 anos. Havendo doses, em 18 de maio, devem comparecer os adolescentes de 14 anos.


As aplicações serão sempre aos sábados no Centro de Vigilância em Saúde, na Avenida dos Andradas, 523, Centro, de 8h às 17h.


Nesta primeira remessa, Juiz de Fora recebeu 7.341 doses. É necessário apresentar documento de identificação com foto e comprovante de residência, conforme determina o Ministério da Saúde (MS).


Números de arboviroses em Juiz de Fora


Até o momento, são 3 mortes por dengue e 8 em investigação. A cidade tem 6.543 casos confirmados e 9.312 prováveis. Foram confirmados 39 casos de chikungunya e 49 prováveis, de acordo com os dados desta segunda (6) no painel de arborivoses da secretaria de saúde do governo de minas gerais


Sobre a vacina contra dengue


A vacina contra a Dengue é a Qdenga, um imunizante tetravalente produzido a partir do vírus vivo atenuado, ou seja, do micro-organismo infectado, mas enfraquecido. Essa condição pode melhorar a resposta do sistema imunológico, funcionando de forma semelhante à defesa do corpo humano nos casos de infecção pela dengue. O esquema vacinal da Qdenga é composto por duas doses, com intervalo de 90 dias entre cada uma.


Quem já teve dengue também deve se vacinar para evitar novas infecções ou, em caso de contágio, sintomas mais leves. Além disso, nessas pessoas é esperada uma resposta melhor ao imunizante.


A recomendação para quem teve dengue recentemente é aguardar seis meses para tomar a vacina.


Quem for diagnosticado com a doença no intervalo entre as doses deve manter o esquema vacinal, desde que o prazo não seja inferior a 30 dias em relação ao início dos sintomas.



2 visualizações0 comentário

コメント


bottom of page