top of page
  • Foto do escritorRadio Catedral

Juiz de Fora recebe Museu Itinerante da Fiocruz nesta semana

Atualizado: 1 de set. de 2022

Por Rádio Catedral


O museu itinerante “Ciência Móvel - Arte e Ciência sobre Rodas”, da Fiocruz estará no Parque Municipal entre os dias 31 de agosto ao dia 3 de setembro.


Juiz de Fora será a primeira cidade a receber o museu itinerante depois da pandemia da Covid-19, em uma parceria da Prefeitura com o Museu da Vida/Casa de Oswaldo Cruz e Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz).


Capaz de receber até 300 pessoas simultaneamente a cada 90 minutos, oferece exposições, módulos interativos, jogos e intervenções artísticas. Desta forma, o espaço ajuda a popularizar e democratizar a ciência, oferecendo descobertas e reflexões por meio de atividades interativas.

A visitação é gratuita e será realizada ente 8h e 17h. A entrada no parque encerra às 16h. O ônibus pode receber a comunidade e escolas públicas e privadas de Juiz de Fora. As instituições interessadas devem agendar pelo telefone do parque: (32) 3241-6532.


Ciência faz parte do cotidiano, diz coordenadora de visitas do projeto


Segundo a Prefeitura, mais de 320 crianças e adolescentes de cinco escolas visitaram a exposição do museu itinerante “Ciência Móvel - Arte e Ciência sobre Rodas”, do Museu da Vida da Fiocruz, no ginásio do Parque Municipal, no bairro Nova Califórnia.


A coordenadora de viagem do Ciência Móvel, Laís Lacerda Viana, reforçou que a programação mostra aos visitantes que a Ciência faz parte do nosso dia a dia.


Além disso, Laís Lacerda Viana destaca que o Ciência Móvel também ajuda a desmistificar algumas disciplinas temidas por estudantes.


O Secretário Municipal de Turismo, Marcelo do Carmo destacou o impacto de Juiz de Fora ser a primeira cidade a receber o projeto após a pandemia.



Exposição do Ciência Móvel no ginásio do Parque Municipal Foto: PJF/Divulgação

Programação do Museu Itinerante da Fiocruz

O museu utilizará uma área de 600 metros quadrados para promover suas atividades e oferecerá várias ações focadas no campo da biologia, química, física, arte, entre outros.


As atrações serão divididas em sete módulos: "Água é vida”, “Por dentro de nós”, “M3u cér3bro m3 engana”, “Brincando se aprende, Exposições”, “Na onda da transformação - mecânica", “Na onda da transformação - eletricidade”. Para que o público possa aproveitar ao máximo as experiências oferecidas, o percurso é dividido em duas partes.


No ginásio do parque haverá atividades lúdicas e interativas. Todo o trajeto será orientado e monitorado pelos profissionais da Fiocruz e turismólogos que atuam no parque.


Projeto Ciência Móvel da Fiocruz

Criado em 2006, o projeto Ciência Móvel já realizou mais de 160 viagens nas regiões Sul, Sudeste e Nordeste do Brasil. O intuito é discutir a realidade do país, pois, diferentemente dos grandes centros, as cidades do interior e locais periféricos nem sempre contam com fácil acesso aos espaços onde o consumo da cultura, da ciência e as informações são concebidas através da história, tal como os museus.

12 visualizações0 comentário

Kommentare


bottom of page