top of page
  • Foto do escritorRadio Catedral

Jesus Cristo no centro: Pe. Cisneiros fala sobre o testemunho firme de fé de São Cosme e São Damião

Por Roberta Oliveira


Nesta terça-feira (26), a Igreja Católica faz memória de São Cosme e São Damião, os padroeiros dos médicos, dos cirurgiões, farmacêuticos, parteiras e das faculdades de medicina.


A missa solene será às 19h30 na Comunidade São Damião que fica na Rua Bartolomeu dos Santos, 175, no Bairro São Damião. Em Santos Dumont, haverá missa solene às 19h na Comunidade São Cosme e São Damião, na Rua Carlos Augusto do Nascimento, s/nº, no Bairro Quarto Depósito.


Também às 19h, haverá missa solene na Igreja São Cosme e São Damião, que fica na Rua Moacir Alves de Souza, s/nº, Vila São Damião, na Área Rural, em Matias Barbosa.


Jesus Cristo sempre foi o centro da vida dos gêmeos Cosme e Damião. Os irmãos que viveram no século III, foram educados no cristianismo. A vida deles se tornou uma prática constante dos valores que levam a Deus, como a caridade e o amor ao próximo, inclusive no exercício da medicina, onde cuidavam do corpo e da alma dos pacientes.


É o que destaca o Padre José Cisneiros, da Paróquia Nossa Senhora de Fátima no Bairro Santa Cruz, que vem se preparando nos últimos dias para a festa de São Cosme e São Damião.


Por ordem do imperador Diocleciano, Cosme e Damião foram decapitados provavelmente no século 4. Eles foram sepultados por pacientes que eles curaram. Por volta do ano 530, o imperador Justiniano ficou gravemente enfermo e ordenou que se construísse, em Constantinopla, uma grandiosa igreja em honra dos santos gêmeos.


A fama dos irmãos se espalhou no Ocidente a partir de Roma, com a construção de basílica uma dedicada a eles a pedido do Papa Félix IV, entre 526 e 530. A inauguração foi em 26 de setembro; por isso, os santos são celebrados hoje. São Cosme e São Damião são


Padre José Cisneiros reforça como o testemunho firme de fé dos irmãos médicos são um exemplo para os católicos e cristãos atualmente.


Data da celebração

A Igreja Católica Apostólica Romana, até o Calendário Romano de 1962, que vigorou até 1969, celebrava a festa de santos Cosme e Damião em 27 de setembro.


Porém, em 1969, com a reforma litúrgica, o Calendário Romano passou a comemorá-los no dia 26, pois, considerada a importância de São Vicente de Paulo, também celebrado dia 27, preferiram não pôr as duas Memórias na mesma data.


São Vicente ficou com o dia 27, já que era a data sabida de sua morte; já os santos Cosme e Damião tiveram sua Memória movida para o dia 26 de setembro, que coincide com a dedicação de uma basílica a eles, em Roma, pelo Papa Félix IV.


Entretanto, como a data já estava arraigada na mente e no coração do povo, muitos têm a prática de distribuir balas no dia 27.

8 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page