• Radio Catedral

Igreja celebra São Jorge, o Santo Guerreiro

por Giovane Rezende

Nesta sexta-feira, 23, a Igreja Católica celebra São Jorge, um dos mais populares do catolicismo. Conhecido como “o grande mártir”, o santo é Padroeiro de Portugal, Inglaterra e Catalunha, além de ser considerado o protetor dos soldados, escoteiros e todos aqueles ligados às ordens militares.

Pertenceu a um grupo de militares do imperador romano Diocleciano, que perseguia os cristãos. Jorge, então, renunciou a tudo para viver apenas sob o comando de nosso Senhor, e viver o Santo Evangelho. Ele acabou sendo martirizado por sua fé.

A paróquia de Santa Rita possui uma comunidade dedicada ao Santo Guerreiro, no Alto Três Moinhos. O pároco Padre Antônio Camilo de Paiva, conta sobre a história de São Jorge.

Conforme destaca padre Camilo, São Jorge é um dos Santos mais populares e de maior devoção em todo o Mundo.

Neste dia em que lembramos o padroeiro, foi preparada uma programação especial. Devido as restrições no combate ao coronavírus, a Paróquia de Santa Rita vai realizar a celebração na Matriz, mas a Comunidade São Jorge, no Alto Três Moinhos, vai receber um cortejo. Padre Antônio Camilo de Paiva fala sobre a programação.

A Missa da Matriz, às 20h, será transmitida pelo Facebook e também pelo YouTube da Paróquia Santa Rita Juiz de Fora. Agendamento para participação presencial pode ser feita pelo telefone (32) 3226-1368.

Na Igreja Melquita, localizada no Bairro Santa Helena, nesta sexta, ainda acontecem celebrações às 12h30; às 15h; às 17h e às 19h. A primeira celebração, às 7h, foi presidida pelo Eparca Melquita Dom George Khoury, em Rito Oriental, e a última, às 19h, por Dom Gil Antônio Moreira, no Rito Latino. Agendamento prévio deve ser feito pelo telefone (32) 3212-7878, das 9h às 12h e de 14h às 17h.

Na Paróquia São Sebastião, de Santos Dumont, acontece missa às sete e meia da noite. A participação no templo se dá por ordem de chegada.

Padre Antônio Camilo de Paiva faz agora a oração de São Jorge.



0 comentário