top of page
  • Foto do escritorRadio Catedral

Idosos e os cuidados para evitar quedas

Por Fabíola Castro


Segundo dados do Ministério da Saúde, cerca de 30% das pessoas com mais de 65 anos caem ao menos uma vez por ano e, do total, cerca de 25% precisam ser hospitalizadas. As quedas são a terceira causa de mortalidade entre as pessoas com mais de 65 anos no Brasil e 70% acontecem dentro de casa. Mesmo que não provoque a morte, a queda pode trazer consequências graves para os idosos incluindo fraturas, internações, redução da independência e até depressão.


A professora do curso de Fisioterapia da Estácio, Giovanna Barros, em entrevista para o quadro Bendita Saúde desta terça-feira, 17, explicou sobre as quedas e falou dos cuidados para evitá-las.


Confira:


Por que ocorre aumento de quedas nesta faixa etária: idosos com mais de 65 anos?


Uma queda em casa pode causar danos irreversíveis para a saúde do idoso? Que tipos?


É preciso ter atenção com os idosos em casa por conta das quedas que podem ocorrer. E quais cuidados tomar?


Quais hábitos podem postergar os sinais de enfraquecimento dos ossos, dos músculos nos idosos?


Estamos falando aqui dos cuidados em casa, mas numa caminhada pela rua, por exemplo, é preciso ter cuidado também?


Quanto às quedas que podem trazer inúmeros malefícios à vida de uma pessoa, principalmente dos idosos, a prevenção é muito importante?


O aumento de quedas nesta faixa etária, acima dos 65 anos, se dá por conta das perdas de força e de massa muscular, além da mobilidade, como destacou a professora.


Entre as mulheres, essas perdas começam mais cedo, a partir dos 45 anos por conta da menopausa, já nos homens têm início a partir dos 50 anos de idade, por isso, tão importante a prevenção que a fisioterapeuta destacou, também com atividades físicas.


8 visualizações0 comentário

Comentarios


bottom of page