• Radio Catedral

Endometriose: saiba o que é e a importância de diagnosticar e tratar corretamente

A endometriose atinge mulheres e pode causar muita dor, como cólicas, por exemplo. Em Juiz de Fora o Hospital Universitário oferece atendimento para essa condição, inclusive com um projeto de extensão da UFJF , chamado "escuta a minha dor", que presta auxílio às mulheres em tratamento.


Por Fabíola Castro

Foto: Freepik.

O endométrio é uma mucosa que reveste a parede interna do útero, sensível às alterações do ciclo menstrual, e onde o óvulo depois de fertilizado se implanta. A endometriose é uma condição que pode ser muito dolorosa, causando sérias dificuldades na vida da mulher afetada. Claro que não é toda dor que é uma doença, mas se foge da rotina, do habitual, precisa ser investigada. A endometriose é a principal causa de infertilidade feminina.


O Hospital Universitário da Universidade Federal de Juiz de Fora (HU-UFJF/Ebserh) possui um Ambulatório de Endometriose, doença que afeta cerca de 10% da população feminina brasileira.


A médica ginecologista responsável pelo Ambulatório de Endometriose do HU, Dra. Luzia Salomão, em entrevista para o quado Bendita Saúde" desta quinta-feira (29), explicou sobre a doença.


Confira:


O que é a endometriose?


Quais sintomas podem surgir que levem a desconfiar da doença? Ela pode também ser assintomática?


Quais são as possíveis causas para a endometriose? Como fazer esse diagnóstico?


Qual a idade mais comum da mulher apresentar a endometriose?


A endometriose pode se apresentar de formas mais leves e outras vezes de formas mais graves? Como se dá esse processo?


O tratamento como é feito?


A boa alimentação e atividade física são aliadas da prevenção e tratamento de muitas doenças, no caso da endometriose também são importantes?


É necessário um acompanhamento multiprofissional? Quais profissionais podem ajudar?


O atendimento para endometriose é oferecido totalmente pelo Sistema Único de Saúde (SUS)? No HU quais tratamentos são oferecidos?


Como ter acesso a esses serviços, a esses atendimentos?


É possível prevenir a endometriose?


Nesse mês dedicado às mulheres, mas para que isso seja constante em todos os outros dias, quando falamos de cuidado com a saúde, é muito importante conscientizar, explicar, divulgar. No caso dessa entrevista, falamos da endometriose, mas existem tantas outras condições que prejudicam a saúde e qualidade de vida das mulheres. Por isso, Dra. Luzia, obrigada pelas informações trazidas e pela participação no "Bendita Saúde".


Projeto de Extensão da UFJF oferece auxílio às mulheres com endometriose

Com o intuito de informar e orientar as mulheres sobre a endometriose, o Projeto de Extensão da UFJF “Escuta a minha dor” desenvolve um trabalho de educação em saúde por meio das redes sociais com a coordenação da professora e médica ginecologista Dra. Fernanda Polisseni. Ela fala sobre o projeto.


Confira:


O que é o projeto “Escuta a minha dor”?


Como ele é executado?


Como são essas rodas de conversas?


Esse trabalho feito pelo Instagram - que é uma rede social - é abrangente, não atinge somente às pacientes, e pode ser acessado por qualquer pessoa interessada e que inclusive pode tirar dúvidas?


Para finalizarmos, Dra. Fernanda, a informação correta, simples e de qualidade é muito importante?


Acesse o Instagram do projeto @escutaminhadorufjf.

0 comentário