top of page
  • Foto do escritorRadio Catedral

Dom Gil Antônio Moreira: na Epifania, Jesus se manifesta para a humanidade

Por Roberta Oliveira


Nesta sexta-feira, 6, a tradição celebra a Solenidade da Epifania do Senhor. Na Igreja do Brasil a data será lembrada no domingo, 8 de janeiro. É o momento em que os Reis Magos encontraram a Sagrada Família e entregaram presentes ao Menino Jesus. Este evento marca a apresentação de Jesus ao mundo.


O Arcebispo Metropolitano de Juiz de Fora, Dom Gil Antônio Moreira, conversou com a Rádio Catedral sobre o significado cada vez mais atual de ir ao encontro de Jesus. Ele destacou que a Solenidade da Epifania é a celebração da manifestação de Jesus para a humanidade.


Dom Gil Antônio Moreira destacou que a Epifania nos lembra do caráter missionário da espiritualidade católica.


O Arcebispo reforçou que o significado da Festa da Epifania do Senhor pode ser realizado no nosso dia a dia arquidiocesano.


Dom Gil lembrou ainda que estamos a menos de um mês da abertura do Ano Jubilar dos 100 anos da Diocese de Juiz de Fora, que terá a presença do Núncio Apostólico no Brasil, Dom Giambattista Diquattro. E aproveitou para convidar a todos para fazer parte deste momento especial para nossa Igreja Particular.



Nos passos dos Reis Magos


No editorial desta sexta-feira, 6, Padre Erélis Camilo refletiu sobre como seguir o exemplo dos Reis Magos e persistir no caminho para encontrar Jesus e mantê-lo em nossas vidas.


Festa da Epifania no Vaticano



Evangelho de São Mateus


"Tendo nascido Jesus na cidade de Belém, na Judéia, no tempo do rei Herodes, eis que alguns magos do oriente chegaram a Jerusalém, perguntando: ‘Onde está o rei dos judeus, que acaba de nascer? Nós vimos a sua estrela no oriente e viemos adorá-lo’.

Ao saber disto, o rei Herodes ficou perturbado assim como toda a cidade de Jerusalém. Reunindo todos os sumos sacerdotes e os mestres da lei, perguntava-lhes onde o messias deveria nascer. Eles responderam: ‘Em Belém, na Judéia, pois assim foi escrito pelo profeta: e tu, Belém, terra de Judá, de modo algum és a menor entre as principais cidades de Judá, porque de ti sairá um chefe que vai ser o pastor de Israel, o meu povo’.


Então Herodes chamou em segredos os magos e procurou saber deles cuidadosamente quando a estrela tinha aparecido. Depois os enviou a Belém, dizendo: ‘Ide e procurai obter informações exatas sobre o menino. E, quando o encontrardes, avisai-me, para que também eu vá adorá-lo’.


Depois que ouviram o rei, eles partiram. E a estrela, que tinham visto no oriente, ia diante deles, até parar sobre o lugar onde estava o menino. Ao verem de novo a estrela, os magos sentiram uma alegria muito grande.


Quando entraram na casa, viram o menino com Maria, sua mãe. Ajoelharam-se diante dele, e o adoraram. Depois abriram seus cofres e lhe ofereceram presentes: ouro, incenso e mirra. Avisados em sonho para não voltarem a Herodes, retornaram para a sua terra, seguindo outro caminho”. (Mt 02, 01-12)

7 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page