Receba nossas atualizações

  • Ícone do Facebook Branco
  • Ícone do Twitter Branco

© Criado por Elias Arruda.  Todos os direitos reservados à Rádio Catedral - FM .

  • Radio Catedral

Dom Edson José Oriolo dos Santos é o novo Bispo da Diocese de Leopoldina



O Papa Francisco nomeou, nesta quarta-feira (30), o novo bispo da Diocese de Leopoldina. O nomeado foi dom Edson José Oriolo dos Santos que, desde 15 de abril de 2015, exercia o ofício de bispo auxiliar da Arquidiocese de Belo Horizonte (MG).


A Diocese de Leopoldina estava vacante desde 12 de dezembro de 2018, quando dom José Eudes Campos do Nascimento foi nomeado bispo da diocese de São João del-Rei. O padre Volnei Ferreira Noro exerceu a função de administrador diocesano de Leopoldina desde 4 de fevereiro deste ano, quando foi eleito pelo Colégio de Consultores da diocese.


Assim como São João del-Rei, a Igreja Particular de Leopoldina pertence à Província Eclesiástica de Juiz de Fora. O arcebispo metropolitano, Dom Gil Antônio Moreira, recebeu com muita alegria a notícia. Enquanto metropolita, ele tem poderes de supervisão e jurisdição sobre as duas dioceses, que são chamadas sufragâneas de nossa Arquidiocese.

Dom Edson enviou uma mensagem ao clero e ao povo de Leopoldina.

O novo bispo de Leopoldina ainda afirma sua intenção de trabalhar juntamente com o clero e as forças vivas daquela Igreja Particular.

Dom Edson José Oriolo dos Santos é mestre em Filosofia Social pela PUC Campinas, especialista em Aristóteles, pela Unicamp, e em Marketing, pela Universidade Gama Filho. Também pela Universidade Gama Filho, é pós-graduado em Gestão de Pessoas.


Filho de José Eugênio dos Santos e Alzira Oriolo dos Santos, nasceu no dia 18 de setembro de 1964, em Itajubá, cidade em que foi ordenado presbítero, na Matriz de São José Operário, no dia 5 de maio de 1990.


É formado em Filosofia, pelo Seminário Nossa Senhora Auxiliadora de Pouso Alegre, e em Teologia, pelo Instituto Teológico Sagrado Coração de Jesus, de Taubaté. Dom Edson exerceu na Arquidiocese de Pouso Alegre os cargos de vigário paroquial das paróquias São Sebastião e São Francisco de Paula, foi pároco das paróquias Nossa Senhora do Carmo e Bom Jesus e Curador da Catedral Metropolitana de Pouso Alegre.


Além disso, Dom Edson exerceu a função de professor em várias disciplinas relacionadas à Filosofia no Seminário da Arquidiocese de Pouso Alegre e também atuou como promotor de justiça do Tribunal Eclesiástico da Arquidiocese. Na Paróquia Bom Jesus, implantou a Pastoral Urbana, que o tornou referência no país sobre o tema.


Dom Edson foi nomeado pelo Papa Francisco, no dia 15 de abril de 2015, como bispo auxiliar da Arquidiocese de Belo Horizonte. A Ordenação Episcopal foi celebrada no dia 11 de julho na Catedral Metropolitana de Pouso Alegre. Baseado na carta de São Paulo aos Efésios, seu lema episcopal é “Anunciar as riquezas da misericórdia”.


Na Arquidiocese de Belo Horizonte, o Bispo Auxiliar integrou o Comitê Gestor da Mitra Arquidiocesana, e acompanha o Projeto Vila Fátima e o Comitê Corporativo de Captação e Assessoria ao Programa Faço Parte, com especial atenção à Pastoral do Dízimo, no Vicariato Episcopal para a Ação Pastoral.


Dom Edson Oriolo foi reeleito presidente da Comissão Episcopal Pastoral para a Vida e Família do Regional Leste II da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil em junho deste ano, durante a Assembleia Anual do CONSER, para o quadriênio 2019-2023.


O início do ministério de dom Edson em Leopoldina vai ser no dia 25 de janeiro de 2020, com Celebração Eucarística, às 9h, na Catedral de São Sebastião.


*Com informações do site da CNBB