• Radio Catedral

Cristo Redentor: símbolo forte da presença do Senhor no meio de Juiz de Fora, diz Dom Gil

Por Fabíola Castro

Monumento ao Cristo Redentor em Juiz de Fora Foto: Arquidiocese de Juiz de Fora

O Cristo Redentor em Juiz de Fora foi construído em um ponto alto da cidade, cujo sopé, ou seja, a base, encontra-se na área central, de onde abençoa todo o seu povo.

Em 24 de maio de 1990, foram tombadas as "Vertentes Setentrional e Oriental do Morro do Redentor", incluindo os aspectos paisagísticos constituídos pela formação rochosa, a mata e o monumento ao Cristo Redentor.


Um símbolo do Catolicismo presente em Juiz de Fora, como comenta o Arcebispo Metropolitano, Dom Gil Antônio Moreira.

Monumento do Cristo Foto: Acervo Museu Mariano Procópio

Um trecho do hino de Juiz de Fora diz que “É a cidade aclamada, do trabalho e da instrução, é do Cristo abençoada, sob o sol da religião”. Segundo Dom Gil é uma imagem que evoca a bênção para a cidade.

Além disso, conforme o Arcebispo, uma imagem para ser contemplada fisicamente, mas com o objetivo de estar em sintonia com o céu e confirmar a presença do Senhor em nosso meio.

O espaço, que pode ser visitado gratuitamente, no topo do morro com o monumento ao Cristo Redentor possui uma praça com vista de Juiz de Fora e fica na Estada Engenheiro Gentil Forn, Bairro São Pedro, na Cidade Alta.



0 comentário