• Radio Catedral

Consulta Popular define prioridades de investimento em Brumadinho e mais 25 municípios


O governador de Minas Gerais, Romeu Zema, participou, essa segunda-feira (18), do lançamento do processo de Consulta Popular para a reparação socioeconômica em Brumadinho e nos outros 25 municípios afetados pelo rompimento das barragens da Vale, em janeiro de 2019. A tragédia matou 272 pessoas e deixou um rastro de destruição social e ambiental na região.

Para executar os projetos, estão previstos R$ 3,4 bilhões. A consulta, que é quando os moradores dessas cidades vão opinar sobre a aplicação da verba, fica aberta à participação entre 5 e 12 de novembro. O processo será digital, por meio do aplicativo MG App e pelo Portal do Cidadão. Quem não tiver acesso à internet, terá à disposição pontos de apoio que serão instalados nos municípios. Podem votar os cidadãos que recebem Pagamento Emergencial da Vale e os eleitores das 26 cidades que têm o CPF cadastrado na Justiça Eleitoral.

Em pronunciamento, o governador prestou solidariedade aos familiares das vítimas e reafirmou que não há reparação possível para estas perdas. Ele também destacou a importância da participação dos atingidos no processo de consulta.

Romeu Zema ainda disse que o governo e demais instituições serão rigorosos no acompanhamento da execução das ações.

Para reparação da tragédia, o valor total estimado do acordo judicial, o maior já assinado na América Latina com participação do poder público, ultrapassa os R$ 37,6 bilhões.


*Com informações de Agência Minas

0 comentário