• Radio Catedral

Comunidade de Juiz de Fora celebra São Charbel



Neste dia 24 de julho, a Igreja celebra São Charbel. Filho da Igreja Maronita, ele foi o primeiro confessor do Oriente venerado de acordo com o procedimento da Igreja Católica Apostólica Romana.


Em Juiz de Fora há uma comunidade dedicada a São Charbel, localizada no Bairro Aeroporto e pertencente à Paróquia Nossa Senhora de Fátima. O padroeiro será celebrado com o tema “São Charbel em Festa - Luz no caminho Sinodal”.


Neste sábado (24), às 17h haverá a Missa, além da caminhada luminosa com a Relíquia do Padroeiro. No domingo (25), às 10h, acontecerá também a Santa Missa. Durante os dias festivos será realizada ainda a exposição para veneração das Relíquias de São Charbel. A Comunidade fica na Rua Maria de Sá Barreto, 26 - Bairro Aeroporto.


Sobre São Charbel


O santo nasceu no norte do Líbano, num povoado chamado Bulga-Kafra, no ano de 1828. Proveniente de uma família cristã e centrada nos valores do Evangelho, muito cedo precisou conviver com a perda de seu pai.


Após discernir o seu chamado à vida religiosa, com 20 anos ingressou num seminário libanês maronita. Durante o Noviciado, trocou seu nome de batismo de José por Charbel. Mostrou-se um homem fiel às regras, obediente à ação do Espírito Santo e penitente.


Após sua ordenação em 1859, enfrentou muitas dificuldades, dentre elas a perseguição aos cristãos com o martírio de muitos jovens religiosos e a destruição de inúmeros mosteiros em sua época. Em meio a tudo isso, perseverou na fé, trazendo consigo as marcas de uma vocação ao silêncio, à penitência e a uma vida como eremita.


Aos 70 anos, vivendo num ermo dedicado a São Pedro e São Paulo, com saúde bastante fragilizada, discerniu que era chegada a hora de sua partida para a Glória Celeste. Era Véspera de Natal. E no dia 24 de dezembro, morreu deitado sobre uma tábua, entregando assim sua vida a Deus.





0 comentário