• Radio Catedral

Catedral do Pilar, em São João del-Rei, celebra 300 anos do início da construção do templo


*Foto: Site da Diocese de São João del-Rei.

A Paróquia da Catedral Basílica Nossa Senhora do Pilar, em São João del-Rei (MG), celebra neste domingo, dia 12 de setembro, os 300 anos do início da construção do templo religioso. Para marcar a data, uma programação especial está sendo realizada com um tríduo festivo que teve início na última quinta-feira (9). O Arcebispo de Juiz de Fora e Metropolita da Província Eclesiástica – à qual pertence a diocese são-joanense -, Dom Gil Antônio Moreira, presidiu a abertura da festa, com a Santa Eucaristia e bênção do Santíssimo Sacramento.


O tríduo será encerrado neste sábado (11), com santa Missa às 19h e, em seguida, Bênção do Santíssimo Sacramento. No domingo (12), quando se completam 300 anos da autorização para a construção da Catedral, às 10h, acontece a Santa Missa Solene em Ação de Graças, presidida por Dom Walmor Oliveira de Azevedo, Arcebispo de Belo Horizonte e Presidente da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB). À noite, após a Santa Missa das 19h, será realizado o Solene Canto do Te Deum laudamus, seguido de Bênção do Santíssimo Sacramento. As celebrações podem ser acompanhas pelo Facebook e Youtube da Paróquia da Catedral Basílica de Nossa Senhora do Pilar.


Catedral Basílica Nossa Senhora do Pilar


A obra do templo religioso, datada de 1721, foi de iniciativa da Irmandade Santíssimo Sacramento. Somente em 1960, quando foi instalada a Diocese de São João del-Rei, a igreja foi elevada à Catedral e recebeu, em 1965, o título de Basílica.


Segundo o Pároco, Padre Geraldo Magela da Silva, a Catedral do Pilar é uma expressão da fé e da história dos antepassados. Caracterizado pela beleza da arquitetura barroca, o sacerdote vê o templo, ainda, como um mantenedor da cultura local. “É um dos monumentos mais importantes do Barroco brasileiro, do Rococó e de outros traços arquitetônicos. Local onde se preserva a arte e a cultura – seja pela musicalidade ou tradicionais celebrações – a serviço da pregação do Evangelho, da experiência do divino”.



*Com informações dos sites da Diocese de São João del-Rei

e Arquidiocese de Juiz de Fora.



0 comentário