• Radio Catedral

Católicos celebram São José Operário pedindo a sua intercessão no dia do trabalho

Por Fabíola Castro

NTB Scanpix / Shutterstock.

A Festa de São Operário foi instituída em 1955 pelo Papa Pio XII com o intuito de oferecer um protetor aos trabalhadores e dar um sentido cristão ao “dia do trabalho”, celebrado também neste 1º de maio.


São José, esposo da Virgem Maria e Pai Adotivo de Jesus tem sua festa celebrada também em 19 de março e esse dia 1º é uma memória facultativa.


A figura de São José, o humilde e grande artesão de Nazaré, orienta para Cristo, Salvador do homem, Filho de Deus, que participou em tudo da condição humana. O trabalho dá ao homem a oportunidade de participar na obra criadora de Deus e de aprimorá-la.


O Padre Emerson Assis Braz fala sobre o exemplo de São José para nossa vida e trabalho.


Na área da Paróquia Nossa Senhora das Estradas, em Igrejinha, há duas Comunidades dedicadas ao padroeiro dos trabalhadores e, em uma delas, a Vila leva também o nome de São José.


Durante as celebrações deste sábado, dia 30, e do domingo, 1º, segundo Padre Emerson, haverá bênçãos aos trabalhadores e também para aquelas pessoas que buscam por um trabalho.


Este 1º de maio é um dia especial para celebrar São José Operário e pedir a sua intercessão para a nossa vida diária, seja em família, em comunidade ou no trabalho.


Na Arquidiocese de Juiz de Fora, São José Operário será lembrado em todas as celebrações deste dia 1º de maio, especialmente naquelas paróquias e comunidades dedicadas ao Pai Adotivo de Jesus.


A programação completa pode ser conferida aqui.



Oração à São José Operário*


(escrita por São João XXIII, um grande devoto do esposo de Maria Santíssima)


"Ó São José, guarda de Jesus,

esposo castíssimo de Maria,

que passaste a vida no cumprimento perfeito do dever,

sustentando com o trabalho das mãos a Sagrada Família de Nazaré,

protege propício aqueles que se dirigem a Ti confiantes.

Conheces as suas aspirações, as suas angústias, as suas esperanças,

e eles recorrem a ti, porque sabem que em Ti encontram quem os compreenda e protege.

Também Tu experimentaste a provação, a fadiga, o cansaço;

mas também, no meio das preocupações da vida material,

o Teu espírito, abrigo da mais profunda paz,

exultou de júbilo inenarrável pela intimidade com o Filho de Deus,

a Ti confiado e com Maria, sua dulcíssima Mãe.

Que os Teus protegidos compreendam que não estão sós no seu trabalho,

mas saibam descobrir Jesus ao seu lado,

acolhê-lo com a graça e guardá-lo fielmente, como Tu fizeste.

E alcança-nos a graça de que em todas as famílias, oficinas, laboratórios,

em qualquer parte onde o cristão trabalhe, tudo seja santificado na paciência,

na justiça, na busca do bem fazer, para que desçam abundantes os dons da celeste predileção".


*Fonte: Aleteia.


0 comentário

Posts recentes

Ver tudo