top of page
  • Foto do escritorRadio Catedral

Católicos celebram São José Operário, patrono dos trabalhadores

Por Rádio Catedral


São José Operário é celebrado em 1º de maio, Dia do Trabalho. Em 1955, o Pai Adotivo de Jesus e esposo da Virgem Maria, já lembrado também em 19 de março, foi proclamado Patrono dos trabalhadores pelo Papa Pio XII instituindo esta segunda festa.


Neste dia, a Igreja Católica ressalta o exemplo de São José que na Bíblia é reconhecido como um homem justo, é quem demonstra que é Deus que trabalha sem cessar na santificação das obras, é o mais desejoso de trabalhos santificados. Além disso, São José, o humilde e grande artesão de Nazaré, orienta para Cristo, Salvador do homem, Filho de Deus, que participou em tudo da condição humana.


Em Juiz de Fora, a Igreja São José, na Avenida Sete de Setembro, 288, no bairro Costa Carvalho tem programação festiva. O pároco, Padre Luiz Roberto Magalhães Leite, o Padre Zucka, explica como surgiu a celebração de São José Operário.



Padre Zucka comenta a força da devoção das pessoas que recorrem à intercessão de São José Operário por um trabalho.



No dia do Patrono dos trabalhadores, estão previstas celebrações ao longo do dia no bairro Costa Carvalho, como explica Padre Zucka.



Além disso, São José Operário também é celebrado em várias comunidades na Arquidiocese de Juiz de Fora.


No bairro Vale Verde, em Juiz de Fora, a festa na Comunidade São José, na Rua Margarida Maria Alves, 49, começou às 10h30, com procissão com a Imagem de São José saindo da praça de Santa Efigênia, com a Santa Missa em honra ao padroeiro. Às 12h, haverá Feijoada de São José e às 14h, show de prêmios da Comunidade.


Na Igreja São José, na Praça Jerônimo Vieira Tavares, sem número, em Chapéu D’Uvas, as celebrações iniciam com a Adoração ao Santíssimo, seguida de procissão a partir das 17h30, com a Missa solene às 18h. Após a missa, haverá show de prêmios.


Em São José das Três Ilhas, distrito de Belmiro Braga, é dia de festa na Paróquia São José. A partir das 19h, na Matriz que fica na Avenida Antônio Bernardino de Barros, 101, no Centro, haverá missa e bênção dos trabalhadores e desempregados. Em seguida, procissão com o padroeiro.


Em Santos Dumont, na Igreja São José Operário, na Rua Maestro Patrocínio, sem número, no Bairro São José Operário, às 11h30 haverá Missa sertaneja e a festa será encerrada às 17h30, com procissão e a Missa Solene, além do funcionamento de barraquinhas.


Em Lima Duarte, na Igreja São José Operário, na Rua Tiradentes, sem número, Vila Cruzeiro, haverá, a partir das 18h, procissão saindo da Rua Manoel Ribeiro, em direção à igreja, para a Missa Solene


Em Simão Pereira, a Igreja São José, em Cabuí na Área rural, terá celebração em intenção aos trabalhadores e desempregados às 16h.


Em Bom Jardim de Minas haverá celebração na matriz da Paróquia Bom Jesus de Matozinhos, na Rua Padre Francisco Rey, 54, Centro. A partir de 12h, terá bênção aos carros de bois dos produtores da cidade. Depois, leilão em prol das obras da Matriz e o encerramento será com Missa às 19h.


Em Liberdade, na programação da Paróquia Santuário Basílica Bom Jesus do Livramento haverá procissão seguida de Missa campal às 18h na Matriz na Rua Dr. Antônio Lage, 86, Centro.

10 visualizações0 comentário

Kommentare


bottom of page