top of page
  • Foto do escritorRadio Catedral

Bispos felicitam Igreja Particular de Juiz de Fora pelo Centenário Diocesano

Por Rádio Catedral com informações da Arquidiocese de Juiz de Fora


No dia 1º de fevereiro a Diocese de Juiz de Fora completou 100 anos. Milhares de pessoas estiveram na Festa do Centenário da Diocesano, além dos fiéis, autoridades civis e religiosas foram comemorar tal momento de júbilo. Por meio de cartas e mensagens, outras dioceses, que não puderam estar presentes, parabenizaram Dom Gil Antônio Moreira e a Igreja Particular de Juiz de Fora.


Dom George Khoury, Bispo da Eparquia Nossa Senhora do Paraíso dos Greco-Melquitas, não pode se fazer presentes nas comemorações, no entanto, mandou suas felicitações.

“Parabéns Dom Gil. Que o Senhor, pela intercessão de Santo Antônio, abençoe ricamente todos o clero e os fiéis de sua arquidiocese”.

Dom Airton José dos Santos, Arcebispo Metropolitano de Mariana, enviou uma carta ao Arcebispo de Juiz de Fora justificando sua ausência, cumprimentando a todos pelo empenho na evangelização e rogando bênçãos.

“Que a Igreja Particular de Juiz de Fora continue seu peregrinar, neste mundo, na fidelidade ao Evangelho e na continuidade do testemunho de vida cristã, especialmente apresentando em sua identidade, o que o Senhor Jesus Cristo diz sobre os seus discípulos amados, segundo o evangelista São João cap. 17, versículos 11 e 16:  “…Eu já não estou no mundo, eles porém estão no mundo, e eu vou para junto de ti. Pai Santo, guarda os em teu nome, que me deste para que eles sejam um, como nós somos um. … Eles não são do mundo, como eu não sou do mundo”.

A Arquidiocese de Niterói tanto o Arcebispo, Dom José Francisco Rezende Dias, quanto o Bispo Auxiliar e o Bispo Emérito, parabenizaram, via e-mail, a Arquidiocese pela data tão significativa e desejaram que Deus continue abençoando a todos.


Dom Bernardo Johannes Bahlmann, OFM, Bispo de Óbidos, mesmo enviando um sacerdote para representar nossa Diocese Irmã, fez questão de encaminhar uma carta para o Arcebispo.

“Quero lhe enviar por parte do Povo de Deus da Diocese de Óbidos as nossas congratulações e peçamos a Deus que Ele abençoe sempre e com muitas graças e bênçãos o Povo da vossa Arquidiocese. Nesta hora estamos mais unidos do que antes, sobretudo, espiritualmente, nas orações e nas Santas Missas. Aproveito para lhe agradecer todo apoio missionário nestes anos todos. Foram muitos missionários e missionárias que vieram para ajudar a Nossa Igreja na região do Baixo Amazonas”.

O bispo da Diocese de Divinópolis (MG), Dom Geovane Luís da Silva, também mandou uma mensagem para Dom Gil.

“Caro irmão, nesta data, jubilar desejo unir-me a todos os irmãos e irmãs da Arquidiocese de Juiz de Fora. Suplico ao Senhor da Messe que renove no coração de todos o encanto pela missão e o amor para com os mais sofredores”.

Dom José Negri, Bispo de Santo Amaro (SP), parabenizou a igreja e destacou a importância do momento.

“Celebrar 100 anos de criação é um verdadeiro tesouro, é reconhecer que tudo é dom de Deus; significa para todos nós que fazemos parte da mesma Igreja, motivo de agradecimento e louvor a Deus”.

O Bispo de Assis (SP), Dom Argemiro de Azevedo, cmf, enviou uma mensagem agradecendo o convite e ofertando suas orações pela Igreja de Juiz e Fora.

“Parabenizo e ofereço as minhas orações, pedindo a Deus que abençoe e recompense a todos pelos trabalhos Administrativo e de Evangelização”.

Dom Devair Araújo da Fonseca, Bispo de Piracicaba (SP), afirmou nos colocar em suas orações.

“Rogo a Deus que conceda a vocês muitas alegrias na missão do cuidado para com aqueles que tanto necessitam do nossos amparo e caridade. Que Nosso Senhor, sob a intercessão de Nossa Senhora, lhes abençoe”.

O Bispo de Jundai (SP), Dom Arnaldo Carvalheiro Neto, justificou sua ausência e saudou nosso Arcebispo e todo o povo.

“Aproveito para cumprimenta-lo e felicita-lo, e em especial a Arquidiocese de Juiz de Fora, unindo-me em orações e desejando benção e graças divinas”.

Dom José Aristeu Vieira, Bispo da Diocese de Luz, estimou que nossa Igreja Particular possa, assim como eles em 2018, desfrutar da graça e da alegria de poder celebrar seu primeiro centenário.

“Que Deus os ilumine e conceda muitas benção e graças, principalmente, neste período de transição, encerrando assim, um importante ciclo e se abrindo ao novo que se inicia. Na alegria de celebração um centenário de caminhada de fé e testemunho, assumam com esperança o compromisso e a responsabilidade de construir e viver o segundo centenário. Como recebemos de nossos antecessores, também tempos o dever de deixar as marcas para que, no futuro, os que virão também possam celebrar as alegrias, vitórias e desafios, assim como nós celebramos hoje no presente”.

O Pastor Arquidiocesano, Dom Gil Antônio, agradeceu a todos pelas felicitações, pelas palavras e pelas orações durante as celebrações dos 100 anos da criação da Igreja Diocesana de Juiz de Fora.

42 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page