top of page
  • Foto do escritorRadio Catedral

22 de outubro, Dia Internacional de Atenção à Gagueira

Por Danielle Quinelato


A gagueira foi o tema do “Bendita Saúde” desta terça-feira (25), em recordação ao Dia Internacional de Atenção à Gagueira, celebrado no dia 22 de outubro. Esse é um dia de conscientização que existe desde 1998 e que começou na Califórnia, nos Estados Unidos. A data tem o objetivo de informar as pessoas sobre o que é a gagueira e como ajudar a tratar este que é considerado um distúrbio ou transtorno de fluência da fala.


O principal problema da gagueira é a dificuldade que o cérebro tem de finalizar o som de uma palavra e começar a próxima logo em seguida, fazendo com que as pessoas repitam sílabas, sons ou palavras, prolonguem os sons ou experimentem interrupções indesejadas na fala. Elas sabem o que querem dizer, mas são incapazes de produzir um fluxo normal de fala.


Mais de 70 milhões de pessoas em todo o mundo gaguejam. No Brasil, um levantamento feito pelo IBGE estima que cerca de 2 milhões de pessoas gaguejam de forma crônica. Calcula-se, ainda, que 5% das crianças apresentam gagueira, que manifesta-se frequentemente antes dos 6 anos de idade.


Esse distúrbio causa um impacto na vida da pessoa, porque ela é motivo de riso e piada, e isso traz questões emocionais que se somam às dificuldades que a pessoa já tem com a comunicação. No caso das crianças, ainda tem a questão do bullying escolar associado.


A fonoaudióloga Nilcimar Rocha Posenato, do Centro Auditivo Audição Perfeita, foi a entrevistada. Confira, abaixo, os temas abordados durante a entrevista.


O que é a gagueira?


O que causa a gagueira?


A gagueira pode ser também consequência de outros problemas de saúde?


Quando ela surge? Em alguma faixa etária específica?


É possível prevenir a gagueira?


De que forma os pais devem agir com as crianças, por exemplo, quando notam traços da gagueira?


Então a gagueira tem cura?


A Câmara Municipal de Juiz de Fora aprovou, nessa segunda-feira (24), proposição que institui uma lei específica para as pessoas com gagueira no município. O Projeto de Lei, de autoria do vereador Dr. Antônio Aguiar, visa a fomentar atividades voltadas ao esclarecimento do distúrbio, o combate a todas as formas de discriminação contra as pessoas que gaguejam e a capacitação adequada dos servidores e demais trabalhadores da Administração pública municipal.


O texto cria ainda a Semana Municipal de Atenção à Gagueira, a ser celebrada anualmente durante toda a 3ª semana do mês de outubro. O projeto segue para sanção do Poder Executivo.

17 visualizações0 comentário

Commentaires


bottom of page