• Radio Catedral

Solenidade da Assunção de Nossa Senhora é celebrada neste domingo, 15 de agosto

Atualizado: Ago 14

Por Fabíola Castro*


Na Liturgia deste domingo, 15 de agosto, celebramos a Solenidade da Assunção de Nossa Senhora, proclamada dogma de fé, e definida pelo Papa Pio XII, em 1950, através de Constituição Apostólica: “A Imaculada Mãe de Deus, a sempre Virgem Maria, terminado o curso da vida terrestre foi assunta em corpo e alma à glória celestial”.


Esta Solenidade nos faz recordar que Maria, a primeira redimida pelo Cristo em vista da sua divina missão, foi também a primeira glorificada em corpo e alma nos céus. Esta solenidade, celebrada desde os primórdios, sobretudo pelos cristãos orientais que a chamavam de “Dormição da Virgem Maria”, não exclui a possibilidade da morte da Virgem Maria, uma vez que para nós cristãos, a partir de Cristo e sua Páscoa, a morte ganhou um novo sentido, passou a ser a nossa Páscoa pessoal.


O que o dogma da Assunção de Nossa Senhora afirma é que Maria não experimentou a corrupção da morte, ou seja, morrendo, foi imediatamente glorificada pelo seu Filho, sendo elevada em corpo e alma ao céu.


O Arcebispo Metropolitano de Juiz de Fora, Dom Gil Antônio Moreira fala, fala sobre essa Solenidade.

Esta devoção à Virgem Santíssima deu origem a diversas denominações, como Nossa Senhora da Assunção, Nossa Senhora da Glória e Santa Maria Eterna. Paróquias e comunidade da Arquidiocese são dedicadas a esses títulos da Mãe de Jesus.


No Distrito de Humaitá, em Juiz de Fora, a Comunidade tem como padroeira Santa Maria Eterna, como comenta o Padre Fernando Augusto.


Padre Fernando conta ainda que a festa da padroeira é tradicional na Comunidade centenária e em tempos de pandemia adaptou as celebrações.


A festividade de Santa Maria Eterna pode ser acompanhada também pela internet para quem não pode estar presente.

No interior da Arquidiocese de Juiz de Fora, a Paróquia do município de Simão Pereira também é dedicada a Nossa Senhora da Glória e celebra festivamente a padroeira, como explica o pároco, Padre Wesley Neves.

Para este domingo festivo, conforme Padre Wesley, uma programação especial foi preparada em Simão Pereira.


Também está em festa celebrando a sua padroeira, a Paróquia Nossa Senhora da Glória, em Juiz de Fora, que encerra neste sábado (14) o Setenário na Missa das 18h30, com transmissão pelo canal do YouTube da Paróquia da Glória. Já neste domingo (15), haverá Missas às 7h, 10h, 17h e 19h30. A celebração das 10h, poderá também ser acompanhada pelo YouTube. Já às 15h, será realizado o passeio com a imagem de Nossa Senhora da Glória pelas ruas da Paróquia, com arrecadação de alimentos e agasalhos para o Ambulatório Nossa Senhora da Glória.


Na Paróquia Nossa Senhora da Assunção, de Paula Lima, a preparação da festa da padroeira que contou com a Novena e Tríduo será encerrada neste sábado (14), com a Santa Missa às 19h. No domingo (15), Solenidade da Assunção de Nossa Senhora, haverá às 9h a Missa com coroação. Das 11h às 14h, a Matriz da Paróquia de mais de 250 anos, estará aberta para visitação. Às 12h, acontece um momento de oração pelo sistema de som da igreja e toque dos sinos. E às 16h, a Missa de encerramento com coração e bênção do Santíssimo. As Missas podem ser acompanhadas também pelo YouTube Paróquia Nossa Senhora da Assunção.

Na cidade de Santos Dumont, a Paróquia Nossa Senhora da Glória, do Bairro Glória, também celebra a Padroeira. A Novena será encerrada neste sábado (14), com Missas às 15h e 19h. A celebração da noite poderá ser acompanhada pelo Facebook da Paróquia. Já neste domingo, haverá às 10h, carreata com a imagem da padroeira pelas ruas do bairro. Às 11h, a Missa sertaneja. Às 11h30, será servido um almoço em formato delivery e drive thru. Às 14h, acontece um leilão de gado e finalizando a programação festiva com a Missa Solene às 18h, com transmissão também pelo Facebook Paróquia Nossa Senhora da Glória Santos Dumont.

0 comentário