top of page
  • Foto do escritorRadio Catedral

Secretaria Municipal de Saúde relata resistência de moradores em combate à dengue em Juiz de Fora

Além das negativas de visitas, há caso de reincidência de focos em locais visitados e tratados pelos agentes de endemias.


Por Rádio Catedral


Dez bairros recebem ações de combate ao Aedes aegypti, mosquito transmissor da dengue e outras doenças, nesta semana em Juiz de Fora. E apesar da cidade ter três mortes confirmadas por dengue e oito em investigação, a Secretaria de Saúde afirma que ainda enfrenta resistência de moradores em colaborarem com o combate ao mosquito.


Até a próxima sexta-feira, dia 26, os agentes de endemias vão passar pelos seguintes bairros: Bom Clima, Jardim de Alá, Araújo, Nova Era, Francisco Bernardino, Tupã, Santos Dumont, Centro, Granbery e Retiro .


Segundo os dados do painel de monitoramento de casos de arboviroses da Secretaria de Saúde de Minas Gerais, em Juiz de Fora são 4.980 casos confirmados de dengue e 7.002 prováveis. Foram registrados também 22 casos de chikungunya e 28 casos prováveis. Não houve registro de zika.


Segundo a gerente do Departamento de Vigilância Epidemiológica e Ambiental, Louise Cândido, a região norte da cidade é onde há o maior registro de casos até o momento.



Louise Cândido relata que foram encontrados focos recorrentes em bairros da cidade diante da resistência de alguns moradores de receber os agentes ou de colaborar com os cuidados.



Além disso, a gerente do Departamento de Vigilância Epidemiológica e Ambiental, Louise Cândido, ressalta que a mudança de estação, com a diminuição das chuvas e do calor, não deve diminuir a atenção das pessoas contra os criadouros do Aedes aegypti.



As denúncias anônimas sobre focos do Aedes Aegypti em Juiz de Fora e região podem ser feitas pelo sistema JF contra a Dengue. O programa pode ser acessado no site da PJF através do link. Outras formas de denúncias são ainda o WhatsApp, (32) 98432-4608, ou pelo e-mail dengue@pjf.mg.gov.br.

 

A população também pode denunciar possíveis focos do Aedes em qualquer um dos 11 postos do Departamento de Informação Geral e Atendimento (Diga) espalhados pelo município.


Confira todas as localizações do DIGA:


DIGA | Centro


Avenida Barão do Rio Branco, 1843 (2° andar); 


Prédio Sede da Prefeitura de Juiz de Fora - Avenida Brasil, 2001;


PAM Marechal - Rua Marechal Deodoro, 496;


Procon - Avenida Presidente Itamar Franco, 992


DIGA | Sul


Rua Porto das Flores, 276 - Santa Luzia


DIGA | Centro/ Sul


Rua São Mateus, 300 - São Mateus


DIGA | Norte


Avenida Presidente Juscelino Kubitschek, 900 (Loja 14) - Francisco Bernardino;


Rua Inês Garcia, 357 - Benfica


DIGA | Nordeste


Avenida Rui Barbosa, 530 - Santa Terezinha


DIGA | Oeste


Avenida Presidente Costa e Silva, 2066 - São Pedro


DIGA | Sudeste


Rua Jacinto Marcelino, 25 - Vila Olavo Costa

2 visualizações0 comentário

Comentarios


bottom of page