Receba nossas atualizações

  • Ícone do Facebook Branco
  • Ícone do Twitter Branco

© Criado por Elias Arruda.  Todos os direitos reservados à Rádio Catedral - FM .

  • Radio Catedral

Secretaria de Saúde confirma dez casos suspeitos do Novo Coronavírus em Juiz de Fora

Por Giovane Rezende


Foto: Agência Brasil

A Secretaria de Saúde, de Juiz de Fora, informou por meio de nota, que os dez casos registrados como suspeitos no boletim emitido pela Secretaria de Estado de Saúde, de ontem, estão no radar do Departamento de Vigilância Epidemiológica.


Os pacientes apresentaram sintomas brandos, por isso seguem em isolamento domiciliar, conforme recomenda o protocolo. Esses casos são monitorados diariamente por um profissional de saúde plantonista do Departamento. O acompanhamento tem por objetivo avaliar se a paciente apresenta mais sintomas ou se segue com quadro estável.


Com as novas informações da Secretaria de Estado de Saúde, Juiz de Fora registra 13 notificações de Covid-19, sendo dez casos suspeitos, dois notificados e um descartado.


Um caso é considerado suspeito quando é divulgado pelo boletim da Secretaria Estadual. Os casos informados ao Departamento de Vigilância Epidemiológica local, que são aceitos ou não, com base nos critérios definidos pelo Plano de Contingência, são considerados notificados.


O Ministério da Saúde divulgou nesta quarta-feira (11) o mais recente boletim sobre pacientes infectados com o novo coronavírus, agente causador da doença Covid-19. São 52 casos confirmados no Brasil, com 907 suspeitos.


O estado com o maior número de suspeitas é São Paulo, com 263, sendo 30 confirmados. Minas Gerais vem em segundo, com 117 suspeitas, e um caso confirmado. O Rio de Janeiro apresenta 87 casos suspeitos e 13 confirmados. Os outros estados com confirmação para o Covid-19 são Bahia, Distrito Federal e Rio Grande do Sul, com dois; e Alagoas e Espírito Santo, com um confirmado cada.


Também na tarde desta quarta-feira, a Organização Mundial de Saúde (OMS), declarou a pandemia de Covid-19, doença causada pelo novo coronavírus. Segundo o órgão, o número de pacientes infectados, de mortes e de países atingidos deve aumentar nos próximos dias e semanas. Os diretores ressaltaram que a declaração não muda as orientações, e que os governos devem manter o foco na contenção da circulação do vírus.


O termo pandemia se refere ao momento em que uma doença já está espalhada por diversos continentes com transmissão sustentada entre as pessoas. Nas últimas duas semanas, segundo a OMS, o número de casos fora da China aumentou 13 vezes e o número de países afetados triplicou. São mais de 118 mil casos no mundo e 4.291 mortes.