top of page
  • Foto do escritorRadio Catedral

Santa Clara: a coragem da jovem que abraçou e testemunhou a fé em Jesus

Por Roberta Oliveira


Santa Clara nasceu em uma família nobre em Assis, na Itália, em 1193. A mãe foi escolheu o nome por uma inspiração de que a filha haveria de iluminar o mundo com sua santidade.



Clara de Assis renunciou aos confortos proporcionados pela família rica em prol de seguir uma vida dedicada a Deus, como nos conta o vigário paroquial da Paróquia de Nossa Senhora de Lourdes, Padre Robert Teixeira.



Padre Robert Teixeira comenta que Clara se torna seguidora e amiga de São Francisco de Assis na Porciúncula, e fundou a própria ordem, as Clarissas. E viveu a vocação até a morte, em 11 de agosto de 1253, aos 60 anos.





Ela foi canonizada no ano de 1255 pelo Papa Alexandre QUARTO. O exemplo de coragem no testemunho da fé e de divulgação da Eucaristia de Santa Clara deve ser seguido, diz Padre Robert.



Em Juiz de Fora, a comunidade da Capela Santa Clara, Rua Ivan Batista de Oliveira, 1.115, no Bairro Milho Branco festeja nesta sexta a padroeira. E a programação continua com eventos nos próximos finais de semana, como explica Padre Robert Teixeira.



Santa Clara também é celebrada na capela na Rua Maria Luiza Alves, 305 no Bairro Santa Paula. Nesta sexta tem missa às 15h e 18h30, com procissão luminosa saindo do campo do bairro, em direção à capela, onde será celebrada a Santa Missa.


E também haverá missa solene às 18h30 em honra à Santa Clara na Capela São Francisco de Assis, no Rua Waltencyr dos Santos, 20. no Bairro Alto Bela Aurora. Nos dois locais, há funcionamento de barraquinhas todos os dias.

5 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page