• Radio Catedral

Romaria Virtual do Terço dos Homens


No último final de semana, celebramos, pela primeira vez, uma romaria do Terço dos Homens de forma virtual. Ano passado, eram mais de 80 mil homens presentes em Aparecida. Numa surpresa que ninguém imaginava, chegou a pandemia do coronavírus, que estabeleceu um novo jeito de viver e até de rezar. O isolamento social nos impediu de nos reunirmos presencialmente, como fazíamos sempre nas celebrações da Missa em nossas paróquias, e até a nossa Semana Santa não pôde ser celebrada com nossas procissões e com o povo nas igrejas.


Assim também foi com as reuniões semanais para rezar o Santo Rosário de Maria. Grupos grandes, com 500, 600 e até mais de mil homens não puderam mais se encontrar presencialmente. Mas Deus é grande! Pouco a pouco foram se desenvolvendo os recursos tecnológicos para a transmissão das celebrações e são muitos os grupos que hoje já se reúnem dessa forma virtual. Os que andavam dispersos, pouco a pouco vão se reunindo outra vez e se, Deus quiser, a vacinação vai nos ajudar a voltar aos encontros presenciais com mais exuberância que antes.


Para nossa XIII Romaria Nacional do Terço dos Homens, foi escolhido o tema: “No Santuário da Palavra, com Maria e José, cuidar da vida”. A escolha reuniu três aspectos centrais: a Palavra de Deus; a presença de São José, esposo de Maria, pois estamos no ano dedicado a São José, convocado pelo Papa Francisco; e, por fim, o cuidado para com a vida.


A figura de São José, tão importante na história da Salvação, é também muito simpática aos devotos do Terço de Nossa Senhora. É imagem de um homem fidelíssimo à Palavra de Deus, que põe os Seus desígnios acima de tudo, inclusive de seus planos pessoais. Foi escolhido para ser o Pai Nutrício de Jesus, seu tutor, seu custódio. Como pai adotivo do Filho de Deus, Palavra encarnada de Deus Pai, ele nos levou ao Santuário de Aparecida que é, ao mesmo tempo, Santuário da Palavra, local de ouvir a Deus que nos quer falar.


O tema se completa com o chamado forte a cuidar da vida. São José, que cuidou da vida do Menino Jesus, o protegeu contra a perseguição de Herodes que mandou matar criancinhas, seja nosso protetor na defesa da vida contra as forças da morte hoje estabelecidas no meio social. Somos chamados pela Igreja, pela palavra forte dos últimos papas e atualmente pelo Papa Francisco, a defender a vida das crianças não nascidas, ameaçadas pelo movimento abortista, inclusive provocando inacreditável legislação favorável ao aborto. Essa é uma das maiores violências praticadas hoje, que ficam escondidas no calabouço do silêncio criminoso.


Que todas as formas de ameaças à vida, que desafiam a dignidade humana – a fome, a miséria, a doença, a pandemia – sejam combatidas por nós, na força da fé que marcou tão especialmente a vida de São José. Ele fique sendo o Padroeiro de todos os grupos de Terço dos Homens, pois onde está Maria, está também José, e onde estão Maria e José, está Jesus; e onde está Jesus, está a família de Nazaré. Foi assim que Deus Pai quis e planejou a salvação da humanidade.


Além disso, quis Deus que a XIII Romaria do Terço dos Homens caísse no início da Quaresma. Este tempo é um dos momentos mais importantes da nossa vida cristã, porquanto nos prepara para a maior de todas as festas litúrgicas que é a Páscoa da Ressurreição. Neste tempo, a Mãe Igreja nos propõe três aspectos importantes de nossa vida espiritual: a penitência, a oração e a esmola (a caridade). O Terço nos ajudará na vivência desta mística quaresmal, pois é uma meditação sobre os mistérios da vida de Cristo. Destacaremos, nestes quarenta dias, sobretudo, a contemplação dos mistérios dolorosos e dos mistérios gloriosos de Jesus. Aprofundaremos nossa consciência sobre o valor da penitência como compromisso com os irmãos, com o espírito fraterno, na busca da justiça e da caridade.


Continuemos a rezar nosso Terço, com nossa família ou em grupos menores com o distanciamento necessário, com nossas máscaras e todos os demais cuidados, mas não deixemos de prosseguir neste caminho bonito que Deus nos tem dado em nossa Pátria brasileira. São milhares de homens com o Terço nas mãos por este Brasil afora. Sendo um tempo de oração, penitência e caridade, procuremos rezar todos os dias o Santo Rosário de Maria, fazendo dele uma verdadeira prática quaresmal em vista da Santa Páscoa. Com Maria e com José, celebremos este tempo forte para contemplarmos ainda com mais vigor os mistérios gloriosos na festa da ressurreição do Senhor.


Seja São José nosso intercessor no céu, para que passe logo esta pandemia e, ano que vem, possamos estar todos reunidos de forma presencial para a XIV Romaria Nacional do Terço dos Homens ao Santuário da Mãe Aparecida.


Dom Gil Antônio Moreira Arcebispo Metropolitano de Juiz de Fora Bispo Referencial da CNBB para o Terço dos Homens no Brasil

0 comentário

Posts recentes

Ver tudo