top of page
  • Foto do escritorRadio Catedral

Relatório sobre denúncias de crimes contra a dignidade sexual já está na Procuradoria da UFJF

Por Rádio Catedral

O relatório sobre o caso de denúncias de crimes contra a dignidade sexual cometidos por dois servidores contra oito funcionárias terceirizadas foi encaminhado para a Procuradoria da UFJF - Universidade Federal de Juiz de Fora.


O texto foi concluído na semana passada pela Comissão Processante instituída pela UFJF.

Dentro do trâmite interno do Processo Administrativo Disciplinar (PAD), após a Procuradoria dar o parecer quanto à regularidade do processo, o documento será encaminhado para a decisão final do reitor Marcus David.



A assessoria da Universidade informou que o conteúdo do relatório elaborado pela Comissão Processante não será divulgado até a decisão final do Reitor, que não tem prazo.


E enquanto isso, os servidores denunciados seguem trabalhando. De acordo com a UFJF, as vítimas são acompanhadas e orientadas, de acordo com demandas individuais, pela Ouvidoria Especializada e foram transferidas para outros setores, para não encontrarem com os denunciados.


Sindicato aguarda posicionamento da UFJF


O Sindicato dos Trabalhadores em Empresas de Asseio, Conservação e Limpeza Urbana (Sinteac), responsável pela denúncia, comemorou o indiciamento dos servidores investigados e aguarda o posicionamento da apuração da UFJF sobre o caso.


Servidores foram indiciados na Polícia Civil


No fim de outubro, o inquérito sobre o caso foi concluído na Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher da Polícia Civil. Segundo a delegada responsável pela investigação, Alessandra Azalim, houve indícios suficientes para solicitar o indiciamento dos dois servidores, que não tiveram os nomes divulgados, por crimes diferentes.


Confira também:




3 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page