• Radio Catedral

Rádio Catedral FM completa 15 anos de fundação

por Fabíola Castro e Giovane Rezende

Nesta quinta-feira, 15, a Rádio Catedral FM completa 15 anos de fundação. Criada em 15 de julho de 2006, a 102.3 FM tem uma proposta inovadora ao aliar informação, evangelização e boa música. A emissora prioriza ainda aspectos como ética e responsabilidade social.

Fundada por Dom Eurico dos Santos Veloso, que era o arcebispo à época da criação, a rádio é um veículo da Fundação Dom Justino José de Santana. Atualmente, o presidente é o arcebispo metropolitano de Juiz de Fora, Dom Gil Antônio Moreira.


História

O diretor da Rádio Catedral, Padre Antônio Camilo de Paiva, esteve presente no período da criação e montagem deste veículo de evangelização. Ele comenta sobre esta operação que envolveu diferentes profissionais.

Segundo padre Camilo, o alcance da Rádio foi a principal dificuldade, aliada a parte financeira.

Entre os objetivos da Rádio Catedral, em primeiro lugar está a evangelização, como conta o diretor, padre Camilo de Paiva.

Apesar dos 15 anos completados, a ideia de se formar uma rádio arquidiocesana vem de longe. Padre Antônio Camilo de Paiva conta a história por trás desse processo.

Após 12 anos operando com uma potência reduzida, apenas 70 KW (kilowatts), abrangendo somente Juiz de Fora, a Rádio Catedral 102,3 FM, conquistou no mês de fevereiro de 2018, o tão sonhado aumento no alcance de sua transmissão.

Concedido pela Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel), a potência passou para 1000 KW (kilowatts), abrangendo um raio de 30 cidades e um público estimado de mais de 1 milhão de pessoas na Zona da Mata, sem contar com o sinal ocasional que pode chegar a 145 cidades de Minas e Rio de Janeiro.

Padre Camilo destaca a importância do Arcebispo Metropolitano de Juiz de Fora, Dom Gil Antônio Moreira, na ampliação da potência.


Amigo Colaborador e Apoio Cultural


Para a sua manutenção, a Rádio Catedral conta com o Apoio Cultural e o Amigo Colaborador. Primeiramente, vamos destacar os nossos amigos que, mesmo em períodos de grandes dificuldades, estiveram ao nosso lado. Para Fernando Tadeu de Sá, amigo colaborador da cidade de Santos Dumont, a Rádio Catedral está a serviço do Reino de Deus e cumpre a sua missão com esse importante apoio.

O Apoio Cultural, igualmente fundamental para o funcionamento da Rádio, parte de empresas e empreendimentos que, na divulgação, entendem e colaboram com a evangelização, como é o caso da Delizete Rodrigues da Silva Castro.

Padre Antônio Camilo de Paiva aponta a importância da participação do Amigo Colaborador e do Apoio Cultural para a manutenção da Rádio Catedral no ar, evangelizando por meio de boas práticas.

Parte importante de toda essa estrutura são os ouvintes que, do outro lado do radinho, do celular, do computador, com a sua audiência, paciência, e recebendo a Rádio Catedral em suas casas, no trabalho, onde quer que estejam, fazem ela seguir em frente. Dona Lourdes, do Jardim Natal, assim já conhecida em nossa programação, é ouvinte desde que a rádio foi fundada.


Objetivos e Futuro


Segundo o diretor Padre Antônio Camilo de Paiva, um dos objetivos da 102.3FM é entrar na alma humana e garimpar aquilo que cada um tem de melhor.

Passados estes 15 anos, agora é a hora de pensar no futuro. E com essa ideia na cabeça, Padre Antônio Camilo de Paiva, aponta quais são os próximos passos da Rádio Catedral, com o apoio dos nossos colaboradores e parceiros, para os anos que vem pela frente.

Destacando sempre que a Rádio Catedral tem o compromisso de seguir os princípios cristãos em todas as etapas, desde as músicas e informações, passando pelos parceiros.

O diretor da Rádio Catedral, Padre Antônio Camilo de Paiva, deixa uma mensagem, reafirmando a missão da 102.3 FM, de edificar a vida dos nossos ouvintes por meio da Palavra de Deus.

O Arcebispo Metropolitano de Juiz de Fora, Dom Gil Antônio Moreira, é o presidente da Fundação Dom Justino José de Santana, mantenedora da Rádio Catedral e fala sobre o seu crescimento e o importante trabalho de evangelização, pensando sempre no bem comum.


0 comentário