• Radio Catedral

Procon realiza “Mutirão Virtual de Renegociação de Dívidas“ em parceria com órgãos federais


Foto: Arquivo/PJF.

No conjunto de ações em comemoração ao Dia Mundial do Consumidor, lembrado em 15 de março, a Agência de Proteção e Defesa do Consumidor (Procon-JF), juntamente com a Associação Brasileira de Procons (Procons-Brasil) e a Federação Brasileira dos Bancos (Febraban), realizará o “Mutirão Virtual de Renegociação de Dívidas“. O evento acontecerá exclusivamente pela internet, através da plataforma de solução de conflitos, entre os dias 15 e 31 de março.


A ação dos órgãos de defesa do consumidor, terá o objetivo de reestabelecer o equilíbrio do orçamento doméstico das famílias que estão endividadas e precisam manter o nome limpo, longe de qualquer inscrição em cadastros de proteção ao crédito. Para isso, após ser acionada pelo Procon-JF a Procons-Brasil programou com a Febraban, a adesão das instituições financeiras, buscando viabilizar condições favoráveis ao pagamento, ao ajuste do valor das parcelas, a periodicidade dos pagamentos, a redução dos juros e multas, ou mesmo condições para a quitação do débito que o cidadão tenha com uma instituição financeira.


Na visão global da Procons-Brasil, a experiência revela que muitos consumidores que estão em débito deixam de procurar o Procon ou até mesmo seu banco por se sentirem constrangidos com a situação. Além disso, com as regras de restrições de circulação e de funcionamento do comércio, e os cuidados com a saúde, o uso da internet pode ser favorável também à defesa do direito do consumidor, como é o foco deste mutirão.


Para participar do mutirão on-line, basta o consumidor fazer o seu registro na plataforma, com login e senha. Nesse momento, o consumidor fará o relato do seu problema, devendo informar que deseja participar do mutirão de renegociação de débitos. Após finalizar o registro, o banco ou instituição financeira tem o prazo de dez dias para apresentar uma proposta ou resposta para o consumidor.


No momento do preenchimento do registro, é imprescindível que o consumidor informe corretamente seus telefones e e-mail para contato, pois esses dados facilitarão o atendimento por parte dos bancos e instituições financeiras participantes. O Procon-JF orienta ainda que o consumidor, no seu relato, informe que está participando do mutirão, com a seguinte hashtag: #MutiraoProconsBrasil


Terminado o prazo de 15 dias para resposta do fornecedor, o consumidor passa a ter o prazo de 20 dias para avaliar o retorno dado pela empresa e se a resposta foi satisfatória.

0 comentário