top of page
  • Foto do escritorRadio Catedral

Prefeitura de Juiz de Fora desmente boato de rompimento na barragem de Chapéu D’Uvas

Por Rádio Catedral

Foto: Carlos Mendonça / site PJF.

A Prefeitura de Juiz de Fora divulgou na última terça-feira (14) que manifestações em redes sociais relatando um possível rompimento da Represa de Chapéu D’Uvas são falsas. Um áudio circula em grupos de Whatsapp de Juiz de Fora e região e a informação não procede, podendo causar pânico nas pessoas. Por isso, a importância de checar sempre as informações antes de compartilhar com outras pessoas. A Prefeitura ressalta ainda que "boatos como esse são considerados crimes contra a paz pública".


De acordo com os Bombeiros "está tudo em ordem com a represa. Uma viatura da corporação esteve no local e constatou, juntamente com os engenheiros técnicos da empresa responsável, que não há nada de errado com a represa Chapéu D'Uvas".


Em sua divulgação, a Prefeitura informou que em Juiz de Fora estão sendo realizadas ações de preparação para o exercício de simulação de evacuação relacionado às barragens da Pedra e dos Peixes, que são de responsabilidade da Nexa Resources; das barragens das usinas hidrelétricas de Joasal e Marmelos, administradas pela Cemig, a Companhia Energética de Minas Gerais; e da barragem da usina hidrelétrica de Picada, operada pela empresa Votorantim.


Ainda de acordo com o Executivo, conforme previsto nas leis federais 12.334/2010 e 14.066/2020, as empresas são obrigadas a realizarem o simulado de evacuação e a Defesa Civil supervisiona os trabalhos de preparação. Esses trabalhos envolvem diálogo com a comunidade, sinalização das rotas e dos pontos de encontro, além de fornecimento de orientação para a população.


A Defesa Civil informou que o trabalho tem caráter preventivo e educativo. As estruturas são monitoradas pelos empreendedores de forma constante e estão seguras, de acordo com órgão.



76 visualizações0 comentário

Σχόλια


bottom of page