• Radio Catedral

Prefeitura de Juiz de Fora confirma recebimento de doses de vacinas da Pfizer na próxima semana

Por Fabíola Castro


A Prefeitura de Juiz de Fora, confirmou nesta quinta-feira (20), que a Secretaria de Saúde, receberá na segunda-feira (24), uma nova remessa de vacinas vindas do Governo de Minas Gerais, incluindo os imunizantes da Pfizer, que até então eram distribuídos apenas para as capitais, conforme orientação anterior do Ministério da Saúde.


Segundo a Secretária de Saúde de Juiz de Fora, Ana Pimentel, o município tem a infraestrutura necessária para receber e aplicar estas vacinas e que conta com câmaras frias para o armazenamento dos imunizantes e todo o aparato necessário para dar sequência à campanha de vacinação.


Temperatura para acondicionamento dos imunizantes da Pfizer


Em abril, a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) atualizou as exigências de armazenamento da vacina da farmacêutica estadunidense Pfizer. Anteriormente, os frascos do imunizante contra a Covid-19 tinham de ser armazenados em temperaturas entre -90º e -60º. Com a mudança, os frascos podem ser guardados em temperaturas entre -25º e -15º por um período de até duas semanas. Após esse prazo, os frascos precisam ser mantidos na temperatura já autorizada, entre -90º e -60º. Se retirada do congelador, os recipientes podem ser armazenados por até cinco dias nas temperaturas entre 2º e 8º.


Segundo a Anvisa, estudos mostraram que a flexibilização da temperatura de conservação não prejudica a estabilidade do imunizante. O imunizante, denominado Comirnaty, foi registrado no Brasil pela Wyeth Indústria Farmacêutica. A vacina obteve o registro definitivo da Anvisa em fevereiro deste ano.


Parceria com a UFJF


A Universidade Federal de Juiz de Fora, informou na quarta-feira (19), por meio de nota, que possui oito freezers sendo utilizados em seus laboratórios, de tamanhos variados, que atendem às exigências de temperatura para armazenamento das vacinas da Pfizer. E, que caso a Prefeitura Municipal de Juiz de Fora, manifeste interesse na utilização desses equipamentos, a Universidade ressalta que certamente vai trabalhar para contribuir dentro do acordo de cooperação entre as instituições parceiras.


A UFJF havia informado que a instituição recebeu, também na quarta (19), um ofício do Ministério da Saúde pedindo informações sobre a sua estrutura. A consulta foi para saber se a Universidade possui especificamente os equipamentos necessários para o armazenamento do imunizante da Pfizer.


Vacinação contra a Covid-19 em Juiz de Fora


Segundo a Secretária, Ana Pimentel, a intenção da Prefeitura de Juiz de Fora é imunizar todo o grupo prioritário de pessoas com comorbidades até o fim da próxima semana, além de avançar a vacinação na cidade para outros grupos.


Calendário de vacinação contra a Covid nesta sexta-feira, 21 de maio:


*Grávidas e Puérperas com comorbidades

Primeira dose de Coronavac no Sport Club Juiz de Fora, das 8h às 16h;


*Motoristas e cobradores do transporte coletivo urbano

São vacinados no RU Centro da UFJF, entre as 9h e 16h;


*Profissionais da segurança

São vacinados no RU Centro da UFJF, entre as 9h e 16h;


*Pessoas com comorbidades e deficiência permanente de 42 e 41 anos

Primeira dose do imunizante no Sport Club Juiz de Fora, das 8h às 16h, e em 46 Unidades Básicas de Saúde (UBSs), das 8h às 11h;


*Pessoas com Síndrome de Down e autistas

Primeira e segunda doses aplicadas no Sport Club Juiz de Fora, das 8h às 16h.


Vacinação Influenza nesta sexta-feira, 21:


*Idosos com 60 anos ou mais

Departamento de Saúde do Idoso, das 9h às 16h, e UBSs, de 13h às 16.


*Professores da rede pública e privada na ativa podem ser vacinados nas Unidades Básicas de Saúde (UBSs), das 13h às 16h.


*Crianças de 6 meses a 6 anos, grávidas e puérperas

Departamento de Saúde da Mulher da Criança e Adolescente (DSMCA), de 8h às 14h, e em UBSs, de 13h às 16h.


*Grávidas e Puérperas

Departamento de Saúde da Mulher da Criança e Adolescente (DSMCA), de 8h às 14, e em UBSs de 13h às 16h.


Fique atento - tempo de intervalo para imunização entre a Covid-19 e Influenza


Quem se vacinou contra a gripe e tem direito de se vacinar também contra a Covid-19, ou vice-versa, deve esperar pelo menos 14 dias entre o momento que recebeu a dose de um imunizante para poder ser vacinado com o outro.


Para quem foi diagnosticado com Covid-19, é recomendado ao menos 30 dias de espera entre o começo dos sintomas ou teste positivo (no caso dos assintomáticos) para receber as vacinas. No caso da Coronavac, a pessoa deve esperar a imunização completa, tomando as duas doses. No caso da Astrazeneca, em que o período entre a primeira e segunda dose é de aproximadamente 84 dias, a vacina contra a gripe pode ser aplicada 14 dias após a primeira dose.


Pré-cadastros


O pré-cadastramento deve ser feito exclusivamente no site da Prefeitura. Estão abertos os pré-cadastros para as pessoas com comorbidades com 18 anos ou mais, trabalhadores da educação ativos e trabalhadores da saúde ativos. Vale ressaltar que o pré-cadastro não é um sistema de agendamento, mas visa uma melhor organização para evitar aglomerações quando chegar a vez destes públicos serem imunizados.


0 comentário