top of page
  • Foto do escritorRadio Catedral

Prefeita de Juiz de Fora fala sobre ações após a forte chuva na cidade

Por Fabíola Castro

Remoção de árvore caída na Rua Dom Silvério, no Alto dos Passos pela Empav.

Uma tempestade com ventos de mais de 90 quilômetros por hora atingiu Juiz de Fora na tarde desta última quarta-feira, 21, e causou estragos em vários pontos da cidade. Diante da situação, foi necessário mobilizar equipes da Prefeitura, Defesa Civil, Bombeiros, Cemig para reparação dos danos. A Defesa Civil informou que registrou 11 ocorrências em função do vendaval, mas segundo o órgão, nenhuma delas foi classificada como sendo de gravidade. Conforme divulgado pela Prefeitura, mais de cem trabalhadores foram acionados para estar em diversos pontos da cidade que registraram mais de 50 árvores e galhos caídos nas vias. A Prefeita Margarida Salomão destacou que o trabalho preventivo nesse momento de chuvas é muito importante.


Margarida ressaltou também o trabalho das equipes nos reparos necessários.


A chefe do Executivo juiz-forano lembrou ainda sobre as mudanças climáticas que vem acontecendo no mundo, e que trazem também, como umas das consequências, as grandes tempestades que causam inúmeros estragos principalmente nos centros urbanos.


Margarida disse também que a cidade não é preparada para suportar situações como a da grande tempestade ocorrida.


Em relação ao ponto de ônibus de caiu na Avenida Rio Branco, na altura do Paço Municipal, no Centro, em cima de um carro, tanto o motorista do veículo quanto quem estava no local sofreram apenas ferimentos leves. A Astransp, empresa responsável pela manutenção da estrutura foi notificada e gradis provisórios estavam sendo colocados até que a nova estrutura seja instalada. Em nota, a empresa disse que para a reposição do abrigo danificado fez contato com fornecedores porque a situação pode necessitar de trabalho especializado. Diante disso, a Associação disse que, em breve, informará à Secretaria de Mobilidade Urbana seu planejamento, com definição de prazos para conclusão do trabalho. A Cemig também informou, por meio de nota, que mais de 90% dos clientes afetados e que estavam sem energia já tinham o serviço restabelecido e para aqueles locais ainda sem energia, disse que a previsão é de que o restabelecimento do fornecimento seria feito até o fim da tarde desta quinta-feira, 22. Lembrando que em caso de emergência, a população deve acionar a Defesa Civil no telefone 199 ou também o Corpo de Bombeiros pelo 193.



Confira também:


2 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page