top of page
  • Foto do escritorRadio Catedral

Polícia Civil prende casal mineiro no Espírito Santo por promoção de jogos de azar.

Atualizado: 16 de mai.

As investigações iniciaram na 4ª Delegacia de Polícia Civil em Juiz de Fora e o casal morava na cidade quando aconteceram as primeiras ações contra os jogos de azar.


Por Rádio Catedral

*Foto: Divulgação PCMG.

A Polícia Civil de Minas Gerais (PCMG) prendeu, no Espírito Santo, um casal investigado por jogos de azar digitais. Os suspeitos, que haviam fugido para Maceió e depois para Serra, no Espírito Santo, foram detidos em um condomínio de luxo na cidade serrana. O casal morava em Juiz de Fora quando aconteceram as primeiras ações contra os jogos de azar. O homem é natural da cidade e a mulher do município de Leopoldina.

 

A ação conjunta da PCMG e da Polícia Civil do Espírito Santo (PCES) resultou na prisão em flagrante da mulher, de 21 anos, e do homem, de 22, conhecidos como influenciadores digitais.


Delegado Márcio Rocha.

De acordo com o delegado responsável pelas investigações, Márcio Rocha, o estilo de vida luxuoso do casal chamou a atenção das autoridades.



O casal é investigado por movimentar aproximadamente R$ 20 milhões de forma suspeita em suas contas. O dinheiro, segundo apurado, seria proveniente do conhecido "jogo do tigrinho".

 

As investigações iniciaram na 4ª Delegacia de Polícia Civil em Juiz de Fora e contaram com a cooperação da Força-tarefa de Combate ao Crime Organizado, ao longo de seis meses, e apoio da Polícia Rodoviária Federal. Os dois foram encaminhados à Delegacia de Polícia em Guarapari (ES).


Operação Tyche


A operação, batizada de Tyche, teve como objetivo cumprir mandados de sequestro e bloqueio de bens móveis e imóveis, além de busca e apreensão de objetos, avaliados em cerca de R$ 30 milhões. No curso dos trabalhos, os policiais apreenderam três veículos de luxo, com valor estimado em mais de R$ 1 milhão, sendo o casal autuado pelos crimes de promoção de jogos de azar e crime contra a economia popular.


Segundo a PC, o nome da operação faz referência à deusa da fortuna, aludindo ao nome do jogo divulgado pelos investigados, chamado "Fortune Tiger".

0 visualização0 comentário

Comments


bottom of page