top of page
  • Foto do escritorRadio Catedral

PCMG indicia sócio-proprietário de empresa de ambulância envolvida em acidente com mortes

Equipe e passageiros da ambulância morreram em colisão com caminhão em dezembro do ano passado.


Por Rádio Catedral



A Polícia Civil de Santos Dumont concluiu o inquérito sobre o acidente entre uma ambulância e um caminhão acoplado a uma carreta, na BR-040 em dezembro de 2023. O sócio-proprietário da empresa responsável pela ambulância foi indiciado por homicídio culposo. A Rádio Catedral entrou em contato com a Guardiões Resgate e aguarda retorno.


No dia 21 de dezembro, uma ambulância da Guardiões Resgate colidiu contra um caminhão no km 736,9 da rodovia. A empresa fazia o transporte de uma mulher com gestação de risco, acompanhada do esposo, além de uma médica, uma enfermeira e o condutor. Todos morreram.


O caso foi apurado na Polícia Civil de Santos Dumont. A perícia constatou que o acidente foi causado pela perda de controle do veículo e o mau estado de conservação, tendo feito menção ainda ao asfalto molhado devido à chuva. De acordo com o escrivão , Luiz Eduardo Guiseline, a investigação constatou negligência do responsável pela empresa Guardiões Resgate.



A Polícia Civil de Santos Dumont informou que, na véspera da viagem onde houve a colisão, o veículo foi vistoriado e deixado pronto para uso pelo próprio proprietário da empresa, que contratou um motorista “freelancer” para realizar a condução do veículo na data do acidente.


Luiz Eduardo Guiseline explicou que uma cópia do inquérito foi remetida para a Promotoria em Juiz de Fora.




O acidente ocorreu quando a empresa transportava pacientes conforme previsto em contrato com a Prefeitura de Juiz de Fora. Em fevereiro, ela foi interditada após fiscalização da Vigilância Sanitária Municipal. E ainda no mês passado, o contrato foi rompido unilateralmente pela Prefeitura e a empresa foi multada e sofreu sanções. A Prefeitura contratou uma nova prestadora que já está realizando os serviço.

12 visualizações0 comentário

Kommentare


bottom of page